Serviço Secreto do Cacau apurou que o Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Florianópolis, o Sintrasem, recebeu, só em 2016, a bagatela de R$ 4 milhões  em contribuições. A turma da Praça XV, que não perdoa ninguém, já sugeriu ao prefeito que pegue uma graninha emprestado do Sindicato para salvar a prefeitura. Sindicato rico é outra história.

Preju
Buracos que a administração de Jurerê Internacional (leia-se grupo Habitasul) e a prefeitura não deram a minima bola causando estrago no bolso de muitos moradores e turistas, deixou para o dono da uma Porshe, só de uma, segundo a Damiani Pneus, um prejuízo de R$ 26 mil. R$ 12,8 mil de quatro pneus com rodas e mais R$ 14,5 mil de para-choque e chicote. 'Prejú' causado pelo descaso de quem ganha muito com o turista.

Orgulho americano
Depois do discurso de despedida de Barack Obama e do primeiro discurso do seu sucessor, Donald Trump, ambos quarta-feira, a América deve estar sentindo orgulho de ter tido um presidente negro.

Foto: Jonathan Ernst / REUTERS

Renovação
Está nascendo no interior do Estado o Movimento Não Repita. A intenção é motivar os eleitores a não repetirem os votos nos atuais políticos detentores de cargos eletivos. Os idealizadores pretendem conseguir uma renovação completa na política catarinense. É uma boa, mas é preciso salientar que nem todo mundo é lobo nesta floresta. Tem muitas ovelhas prontas a dar uma boa lã.

A perder de vista
Conhecido e respeitado jornalista da capital recentemente se submeteu à cirurgia para correção de miopia. Não seguiu as recomendações médicas no pós-operatório. Já voltou três vezes ao consultório e continua lacrimejando. A raça do Café Sorrentino não perdoa: "Seu tanso! Operasses à vista ou a prazo?"

Bruxa solta
Depois do mega empresário Toninho Ramos, que continua no Albert Einstein em São Paulo,  foi o advogado Alexandre Amim Salum Jr. que deu um susto nos amigos acometido por uma embolia pulmonar originária de uma trombose na perna e quase passou dessa para outra.  Foi salvo porque fisicamente é muito forte.   

Recorde da Chape
A Chapecoense, o novo time do mundo, terá que superar rápido o trauma do acidente na Colômbia. A temporada que se inicia nos próximos dias vai submeter o time catarinense a uma maratona que poderá resultar em 94 jogos _ no mínimo, 73. O herói do Oeste disputará o Campeonato Estadual, o Campeonato Brasileiro, a Primeira Liga, a Copa do Brasil, a Taça Libertadores, a Recopa, a Copa Suruga, a Copa Euroamericana e o Troféu Joan Gamper. Como se não bastasse, a bola vai rolar para o Verdão já no próximo dia 21, em amistoso contra outro Verdão, o Palmeiras.

Acompanhe as últimas publicações de Cacau Menezes

Número de presos no Brasil cresce 85% nos últimos dez anos devido prisões de usuários de drogas

Reabertos, bares e restaurantes da Joaquina têm 180 dias para regularizar alvarás

Pedro Barros é um dos finalistas em categoria do prêmio Laureus

 Veja também
 
 Comente essa história