Perdemos todos com a manutenção da greve em Florianópolis Leonardo Gorges/Agência RBS

Foto: Leonardo Gorges / Agência RBS

29 dias está paralisada por uma greve de professores a mais preciosa máquina de formação de capital humano em Florianópolis, que são as escolas. Muito provavelmente será perdida boa parte do semestre. A greve é abusiva em sua essência, prova disso são os inúmeros transtornos à população. Os donos do movimento querem dar publicidade a ideologias extremistas. Desta vez, a Justiça, tão cordata com funcionários, reconheceu a natureza destrutiva da greve nas escolas e determinou multa ao sindicato de R$ 100 mil por dia de paralisação.

A virulência das lideranças grevistas ignora o imenso esforço da sociedade para melhorar o desempenho da escola pública. Não estão nem aí para as realizações alcançadas. Perdemos todos.

Pequenas causas
Do excelente jornalista Claudio Humberto, que sabe tudo dos subterrâneos da capital Brasília, meca do poder: "Onde presidente cassada não é punida, réu presidia o Senado e deputado presidente é reeleito, ministro sem foro é bobagem".

Juros e dívidas
O Banco Central do Brasil em convênio com a ENA - Escola de Governo do Estado -  está treinando turma de interessados em gestão financeira pessoal em razão dos altos índices de inadimplência e desajustes sociais dos cidadãos para orientar aqueles que entraram no beco sem saída. Ou podem vir a entrar. Até o Bacen já percebe este outro lado da moeda.

Sem tolerância
O Procon abriu diligências para esclarecer o caso relatado nesta coluna da empresa que cobrou o equivalente a US$ 1 mil para desentupir um vaso sanitário. Sentindo-se lesado diante da cobrança praticada pela Acquatec, o cidadão recorreu ao Procon e já foi marcada audiência entre as partes. Segundo o secretário Tiago Silva, da Defesa do Consumidor de Florianópolis, não pode haver indulgência com práticas abusivas.

Orgânicos
Terça-feira é dia da Feira de Alimentos Orgânicos na Sociedade Hípica Catarinense (SHC), em Floripa. Das 7h às 13h, a Orgânicos Floripa oferece produtos in natura, como frutas, legumes e verduras e alguns produtos processados como geleias, sucos e grãos. A SHC fica às margens da Rodovia SC-401, perto do Floripa Shopping.

Acompanhe as últimas publicações de Cacau Menezes

A Ponte Hercílio Luz é igual a nós: enverga, mas não quebra

Cada deputado estadual catarinense custou R$ 12,6 milhões em 2016

Cidasc esclarece que vem desenvolvendo seu trabalho de fiscalização sem prejuízos

 Veja também
 
 Comente essa história