Que atire a primeira pedra a mãe que nunca deixou o filho com celular ou tablet enquanto precisava cozinhar, ir ao banheiro ou enviar um email importante. Podem me julgar, já passei da fase de me sentir culpada ou achar que sou uma péssima mãe porque sei que não sou, sou apenas uma mãe real. O tempo que estou em casa é sempre muito bem aproveitado com meu pequeno, mas quem tem filho sabe que eles exigem atenção 100%. 

Na primeira gestação li muitos livros, fiz planos, sabia exatamente o que eu deveria e não deveria fazer até sofrer um choque de realidade. Dia desses assisti a uma palestra ótima com um educador (sem filhos) que apontava várias alternativas. Claro que o bom senso deve prevalecer, mas se você não é mãe ou viveu outra realidade, tente não criticar demais. 

Foto: tiahenriksen / Visual Hunt

Acompanhe as publicações de Camille Reis

Donna: uma história de amor e empreendedorismo
Jornalista Samira Campos lançará marca de roupas
Acampamento em meio à natureza é opção para férias de julho

 Veja também
 
 Comente essa história