Por que a Agemed Planos de saúde vai crescer 60% este ano, apesar da crise Charles Guerra/Agencia RBS

Pedro Assis e a filha, Soraia Assis

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Neste período de recessão profunda, a Agemed, empresa de planos de saúde de Joinville, fundada pelo economista  Pedro Assis, cresce de forma acelerada. Nesta entrevista, ele e a filha Soraia (foto), que é uma das vice-presidentes, contam um pouco das razões do sucesso. Companhia familiar, tem os outros dois herdeiros também em vice-presidências.

Que serviços a Agemed oferece e como está no mercado?
Pedro Assis - A Agemed é uma operadora que em poucos meses será a maior de Santa Catarina em número de beneficiários. Hoje estamos com 180 mil pessoas, somente atrás da Unimed Grande Florianópolis, com cerca de 190 vidas. Oferecemos plano de saúde somente para empresas. Hoje temos grandes companhias em nossa carteira, como a Tupy, Docol, Kavo do Brasil, Angeloni e Centrosul.

Como entrou no segmento de planos de saúde?
Pedro Assis -  Em 1992 eu era assessor da diretoria de Recursos Humanos da Tigre. Na época, a empresa tinha um ambulatório para atender colaboradores e o presidente da empresa, Cao Hansen, decidiu em 1992 criar um plano de saúde que oferecesse consultas, atendimento ambulatorial, exames e internações hospitalares. Fui incumbido de buscar alguém no mercado que oferecesse esse modelo. Tinha o Bradesco e a Unimed. Considerando os valores cobrados elevados e decidimos ter um plano próprio, com autogestão. Desenhamos o produto, teve sucesso, reduziu preços. Em 1995, eu saí da Tigre e comprei essa empresa. Em 1998, eu fundei uma empresa especializada em planos de saúde, a Agemed. Focamos as pequenas empresas, conseguimos deslanchar e formar uma base boa.

Por que as grandes empresas também estão contratando o plano de vocês?
Soraia Assis - Como atendíamos empresas exigentes no início, passamos a prestar serviços às pequenas da mesma forma. Oferecemos planos diferentes, de menor custo.

Acompanhe as publicações de Estela Benetti

Quem são os sócios e quanto estão crescendo?
Pedro Assis -  Somos uma empresa totalmente familiar. Temos 22 agências em Santa Catarina, duas no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre e Canoas, e uma em Cuiabá.  Nossa previsão para este ano é chegar a faturamento próximo de 400 milhões. Ano passado vamos fechar com quase R$ 250 milhões/ano. Vamos crescer cerca de 60% este ano. Esse salto foi possível porque entraram grandes contas. Enquanto o mercado brasileiro está decrescendo 2% e em SC, há queda de 4%, nós estamos crescendo. 

Qual e a razão do sucesso da companhia?
Soraia  Assis - A gente tem planos diferentes e 300 corretores próprios. Isso é um diferencial.

Como é o projeto do hospital da Agemed?
Pedro Assis -  Vamos construir um hospital de alta complexidade no início do bairro Boa Vista, em Joinville. Esperamos inaugurar em 2019 ou 2020. Terá bela arquitetura. 

Leia as últimas notícias no Diário Catarinense

 Veja também
 
 Comente essa história