• Comitiva da província de Hebei, China, participou de reunião sábado na Secretaria de Estado da Fazenda. O objetivo foi estreitar relações comerciais com SC. Um dos investimentos previstos em função dessa aproximação é o TGSC, Terminal de Granéis de Santa Catarina, em São Francisco do Sul. O projeto, que tem entre os sócios o grupo chinês Hopeful, terá investimento de R$ 600 milhões na etapa inicial. A unidade poderá capacidade de movimentar 8 milhões de toneladas de grãos ao ano. Segundo o vice-governador da província chinesa, Shen Xiaoping, o projeto traz benefícios mútuos para a China e para o Brasil. É é preciso, agora, acelerar o andamento do investimento, disse ele. A comitiva foi recebida pelo secretário executivo Julio Cezar Bodanese, o consultor da Fazenda Renato Lacerda e equipe da Investe SC.

    Salto em crescimento
    Um dos principais consultores internacionais sobre inovação, Hitendra Patel, faz palestra hoje, às 16 horas, na Acate Primavera, em Florianópolis. Fala sobre aceleração do crescimento através de ecossistemas de inovação. Graduado em engenharia e ciência da computação, o indiano radicado nos EUA está à frente da consultoria IXL Center. Segundo ele, é possível crescer até 10 vezes com um ecossistema de negócios sustentáveis. A apresentação do evento é do Sistema Acafe, com apoio da Acate, governo do Estado e Tekoa.

  • Acompanhe as publicações de Estela Benetti

  • Alerta para candidatos
    Logo após, no mesmo local, os candidatos a prefeito de Florianópolis participam do Vertical Meeting - Especial Eleições, evento em que vão apresentar suas propostas sobre como pretendem apoiar o setor de tecnologia da capital, umas das principais vocaçõs econômicas da cidade. A propósito, Hitendra Patel não é o único que coloca o setor como pode viablizar crescimento acelerado se incentivado devidamente. Estudos da ACATE e outros especialistas chamam a atenção para isso. É o desafio para o novo titular da prefeitura. O setor arrecadou R$ 12 milhões em INSS no primeiro semestre no município, a maior cifra do tributo, 17,5% do total. 

    Inovação mundial
    A empresa de Florianópolis Global Detecta, dos sócios Felipe Reitz, Jean Fitzgerald e Adonai Zanoni, foi selecionada para disputar a etapa brasileira da Falling Walls Lab, dia 19, em SP. É uma fase de evento mundial que incentiva ideias com alto potencial de impacto na sociedade. O projeto da empresa, situada no Sapiens Parque, é um equipamento que detecta intensidade de dor de zero a 10. Inédito no mundo, ele já tem precisão de 88% e visa auxiliar o setor de saúde em decisões sobre problemas que envolvem dor. Se vencer esta fase, a Global Detecta vai para a final em Berlim, dia 8 de novembro.

  • Lições do IDEB
    Municípios catarinenses tiveram algum avanço nas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Diversas escolas surpreenderam positivamente, especialmente várias de Joinville que se destacaram em nível nacional. Essas e outras podem ser benchmarking para disseminar as metodologias de sucesso. Elevar o aprendizado de matemática, ciências e idiomas no ensino fundamental é a saída que o Brasil tem para conseguir um salto na economia. É claro que há falta de recursos, mas a China, com problema semelhante, está obtendo com as melhores notas do mundo.

  • Leia as últimas notícias do Diário Catarinense 


 Veja também
 
 Comente essa história