Clientes da Celesc podem comprar eletrodomésticos com 50% de desconto Maykon Lammerhirt/Agencia RBS

Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Clientes da Celesc que têm geladeira, freezer e aparelho de ar-condicionado com mais de 5 anos de uso podem adquirir um equipamento novo com 50% de desconto e pagamento em até seis vezes no cartão de crédito. Esta é a quarta edição do programa Bônus Eficiente Linha Eletrodomésticos que começa nesta sexta-feira diretamente em mais de 40 unidades da rede Lojas Colombo no Estado e vai até o fim do estoque. Cada consumidor poderá adquirir um produto marca Consul porque a parceria é com a fabricante catarinense Whirlpool. Para participar, tem que ser cliente residencial da Celesc, ser o titular da conta e não pode estar inadimplente (se deve conta de luz é preciso pagar a dívida antes). Segundo o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, o programa prevê a venda de 7,7 mil eletrodomésticos, com investimento de R$ 10 milhões.

O governador Raimundo Colombo explicou que o objetivo é reduzir a conta de luz das famílias e buscar a eficiência energética. A troca de um aparelho velho por novo reduz em 30% o consumo de energia. Segundo o governador, considerando as três edições desse programa, já foi possível economizar energia equivalente ao que consomem num ano 250 mil residências, um total de 60.112,07 MWh/ano, o equivalente ao que consome um município como o de Brusque.

Desta vez, a instituição beneficiada com a contrapartida social paga pelos consumidores é o Cepon. Para cada venda de R$ 1 mil ou mais, o centro de tratamento de câncer vai receber R$ 50. Nos produtos de valor inferior, receberá R$ 30. A estimativa é de que o valor total somará R$ 385 mil. A escolha foi o setor de saúde em função das prioridades do Estado este ano.

O lançamento ocorreu na manhã desta quinta-feira em evento com a presença do  governador, o vice-governador Eduardo Moreira e os parceiros do programa. Estiveram o presidente da Lojas Colombo, Adelino Raymundo Colombo, o diretor da Whirlpool Corporation, Guilherme Lima, o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, e o gerente administrativo do Cepon, Irineu José Nunes. 


Acompanhe as publicações de Estela Benetti

Leia também: 

Varejo catarinense cresce impulsionado por agronegócio e indústria

Celesc lança programa para consumidores trocarem eletrodomésticos

ODS SC lança instituição pelo desenvolvimento


 Veja também
 
 Comente essa história