Dilemas da BRF, a maior empresa catarinense  Carlo Ferreri/

Foto: Carlo Ferreri

Gigante catarinense de carnes, a BRF é dona das marcas Sadia e Perdigão, líder nacional em alimentos processados e maior exportadora de frangos do mundo. Apesar de toda essa força nos mercados e de marcas de credibilidade, a companhia tem acumulado prejuízos, o que desagrada a maioria dos acionistas, que são fundos de pensão, fundos de investimentos e muitos outros.

A empresa anunciou que vai trocar de presidente até o final do ano, quando Pedro Faria deixará o cargo. Mas os acionistas estudam medidas para mais mudanças. Eles querem a saída também do presidente do conselho da companhia, Abilio Diniz. Segundo uma fonte da coluna, quem está liderando essa articulação é a Petros, fundo de pensão dos trabalhadores da Petrobras. Os motivos seriam o fato de Diniz opinar demais na gestão da empresa e de haver conflito de interesse porque ele é do ramo supermercadista. Ainda segundo essa fonte, é essa interferência que fez com que a companhia tivesse quatro CEOs nos últimos cinco anos e, agora, está motivando a recusa de executivos de ponta convidados para presidir a BRF. 

Há uma preocupação dos acionistas para que a empresa volte a ter mais lucro e recupere o prejuízo de quase R$ 1 bilhão dos últimos anos, informou O Estado de S. Paulo. O jornal também divulgou que uma das estratégias estudadas para sair da crise é criar uma marca popular porque a Sadia e Perdigão são mais para as classes A e B. Uma das opções de nome para a nova marca seria Kideli. Mas vale observar que outras marcas menos famosas de alimentos industrializados de carnes cobram preços muito parecidos com os das marcas da BRF. Então, a questão preço pode não ser a principal.  

Quanto à mudança na presidência do conselho, caso Abilio Diniz não tome a iniciativa de se afastar, a opção será uma votação em assembleia geral extraordinária em Itajaí, sede jurídica da BRF. A assembleia ordinária será em abril, mas tem acionista querendo mudança logo. 

Acompanhe as publicações de Estela Benetti

 Uber inaugura serviço VIP em Florianópolis

Consumidor e varejo de Santa Catarina mais otimistas

Prêmio Stemmer 2017 tem 13 premiados

 Veja também
 
 Comente essa história