Após três anos em queda, venda de veículos volta a crescer em SC Andréa Graiz/Agencia RBS

Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS

Após três anos desacelerando, consumidores catarinenses e brasileiros voltaram às compras de veículos neste ano, surpreendendo fabricantes e revendedores pelo tamanho do apetite. No Estado, os emplacamentos mês passado cresceram 16,1% frente ao mesmo mês de 2016 e 8,69% no acumulado do ano em relação aos mesmos meses do ano anterior. No país, foram 14,63% e 9,8% a mais na mesma comparação. Essa expansão está ligada principalmente à confiança do consumidor na economia. Com o fim do crescimento do desemprego e a alta do PIB desde o primeiro trimestre deste ano, as pessoas ficaram confiantes de que continuariam empregadas, conseguiram reduzir suas dívidas e voltaram a consumir. Prova disso é que o consumo também tem puxado a alta do PIB no segundo e terceiro trimestres do ano. A indústria automotiva teme que se a reforma da Previdência não sair essa confiança caia e a retração das vendas volte.  

Moda em calçados

Após inaugurar 17 lojas no Brasil este ano, a rede catarinense de calçados Studio Z, dos empresários Mário e Walma Zanatta, abre nesta semana duas lojas conceito da marca – uma em Campo Grande e a outra em São Luís. 

As novas lojas contam com layout mais arrojado e clean, oferecendo mais conforto para os clientes. O investimento em cada loja-conceito superou R$ 3 milhões. Recentemente, a Studio Z abriu unidade no Shopping Neumarket, em Blumenau. A marca tem 80 lojas no país e projeta mais 25 para 2018. 

Novo Refis agrada

Um dos setores que mais pressionou o governo do Estado para aprovar um novo Refis para parcelar dívidas tributárias foi o madeireiro. A decisão da Fazenda, que prevê 60 meses para pagar e 75% de abatimento de juros, foi considerada favorável ao setor tanto pelo presidente do Sindimade, o sindicato das indústrias madeireiras do Alto Vale do Itajaí, Dieter Grimm, quanto pelo presidente da associação do setor, a Floema, André Zonta. A novidade foi comemorada em evento das duas entidades, sexta, em Rio do Sul. Eles informam que o setor madeireiro, hoje, é o quarto que mais emprega em SC, o terceiro em número de empresas e o segundo que mais exportou no ano.

Lide reconhece

O presidente do Lide Santa Catarina, Wilfredo Gomes, e o vice-presidente José Neto lideram premiação estadual da instituição quinta, às 19h, na Fiesc. Entre os destaques, o setor de tecnologia.

Leia também:

PIB de SC cresce 3,49% em setembro, aponta BC

"Estamos buscando uma estrutura de inovação para nossos negócios", diz Daniel Dimas

Empresa de tecnologia da Capital recebe aporte de R$ 6,5 milhões 

Foto: Arte DC


 Veja também
 
 Comente essa história