Empresas de pesquisa e tecnologia de Florianópolis se unem  Divulgação/Divulgação

O vice-presidente da Nexxera, Edenir Silva (E), Sarah Silva e o presidente da empresa, Edson Silva.  

Foto: Divulgação / Divulgação

Uma empresa de tecnologia de Florianópolis, a  MrPredictions, que atua com análises preditivas de mercado por meio de pesquisas via inteligência artificial foi uma das poucas que previram a vitória de Donald Trump à presidência dos EUA. Este portal, que por esse resultado ganhou projeção mundial, se associou à Nexxera e ao Instituto Mapa, duas empresas também de Florianópolis. Juntas, com a marca Instituto Mapa, vão atuar em pesquisas eleitorais e de mercado usando big data e inteligência artificial, informou a diretora de Marketing da Nexxera, Sarah Silva. Com a projeção que a Mr. Predictions alcançou no exterior, foi convidada a fazer trabalho em Cingapura.  

Sociedade 
Para compor a nova sociedade, o empresário José Nazareno Viera, do Mapa, vendeu 50% da empresa para os sócios-fundadores da Nexxera, Edson e Edenir Silva. Os sócios da MrPredictions também fizeram o mesmo. E ontem à noite, na Acate Primavera, a Nexxera, que é líder nacional em transações eletrônicas de dados financeiros, apresentou o instituto e outras novidades a convidados. Lançou o Minha Floripa Digital, programa em parceria com a Visa e a Adiq que permitirá o pagamento de contas via cartão de crédito ou débito. 

"Acate in US"
A unidade da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) em Boston, que será inaugurada em março do no ano que vem, é resultado de articulação do "embaixador" da entidade e também da Acif nos EUA, o empresário e advogado catarinense Klaus Raupp. Foi ele quem negociou a parceria com a IXL-BIG, do consultor Hitendra Patel.  - Criamos o nome Acate in US com duplo sentido. A Acate que "nos" representa (os associados) e a Acate que agora se faz presente nos EUA, assim como fez recentemente com uma unidade em SP – explica Raupp, que reside em Boston.  

Reconhecimento
A Intelbras, de São José, líder nacional em tecnologias para segurança eletrônica e equipamentos para telefonia fixa, está fechando 2017 com 12 premiações. Entre as principais estão 1º lugar no ranking da IstoÉ Dinheiro em Tecnologia, Software e Serviços, e um dos grandes prêmios do país em Qualidade, o PQA do Amazonas. Segundo o presidente da companhia, Altair Silvestri, esses prêmios são resultado do engajamento dos colaboradores, inovação e estratégias. 

Credores aprovam
A primeira assembleia dos credores do Grupo Reunidas, de Caçador, que opera com transportes de passageiros e cargas, foi realizada ontem. O plano de pagamento foi  aprovado por unanimidade pelos credores das classes trabalhista e micro e pequenas empresas. Aceitaram receber em 15 anos, com carência de um ano. Apenas um credor que não tem garantias fez oposição. O presidente das empresas, Sandoval Caramori, disse que a reestruturação foi necessária para manter a empresa e preservar os empregos. 

Leia mais: 

Acate foca mercado global

Alternativa ao embargo russo para as carnes catarinenses

Estado lança Prefis para parcelamento de ICMS atrasado

Foto: Arte DC


 Veja também
 
 Comente essa história