Victor Fontana, um "craque"na empresa e na política  Léo Cardoso/Agencia RBS

Foto: Léo Cardoso / Agencia RBS

Uma das lendas do mundo empresarial e político catarinense, o engenheiro Victor Fontana, que faleceu ontem, em São Paulo, é lembrado com reconhecimento e respeito por familiares, amigos e ex-colegas de trabalho. O ex-diretor da Sadia, que foi vice-governador e deputado, é unanimidade.  Um dos que trabalharam e conviveram com ele, o ex-vice-presidente da Sadia, Felipe Luz, conta que foi Victor Fontana quem modernizou a empresa. Ele era muito competente, conhecia tudo e tinha conexões com institutos de pesquisa do setor no país e no exterior, observou. 

— Victor Fontana era um craque — disse Felipe Luz.  

O fundador da Sadia, Attílio Fontana, gostava de convidar parentes para trabalhar na empresa. Há anos convidava o sobrinho de Santa Maria para mudar para Concórdia, mas Victor só veio após concluir o curso de engenharia. Seus irmãos Anselmo e Mário também vieram. Foi promovido a diretor industrial e se tornou o técnico preferido do tio. Sabia interagir, liderar equipes e buscar tecnologia. No meio político também era respeitado pelos projetos avançados e por ser acessível a todos. 

A longevidade é um dos diferenciais dos Fontana. Attílio, que foi senador, faleceu com 89 anos. Segundo Felipe Luz, Victor já nem contava mais os anos, tinha 104. Gostava de vinhos, salame e presunto, itens da culinária italiana. Deixa como legado uma trajetória exemplar e sua colaboração a uma empresa de tecnologia de ponta, a gigante BRF, que é maior exportadora de frango do mundo.

Neurociência e varejo

 Associação Empresarial de Chapecó oferece cursos de neurovendas e endomarketing para fortalecer negócios.
Foto: Acic Chapecó / Divulgação

O comércio catarinense vai bem nessa retomada do crescimento econômico, mas para os lojistas todo conhecimento é válido para ampliar as vendas. Por isso, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) promoveu um curso sobre Neurovendas com o professor Marcelo Peruzzo, um dos principais nomes da neurociência do país. Segundo o especialista, o vendedor do futuro vai usar a neurociência junto com as ferramentas de marketing digital. A abordagem aos clientes deve considerar o estado mental de cada um, por isso a importância da neurociência, alertou.

Ao turismo
Com o objetivo de contar com uma linha de crédito para financiar equipamentos turísticos, o BRDE assina nesta quinta-feira, em Maceió, um convênio para ter acesso ao Fundo Geral de Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo. Segundo o vice-presidente e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Créditos do BRDE, Neuto Fausto de Conto, a instituição conta com projetos aguardando crédito que somam R$ 40 milhões. A liberação para a Região Sul será pelo programa BRDE Protur.

Reforma e gestão
Atento aos números nacionais e estaduais do setor público, o economista e consultor Raul Velloso defendeu gestão eficiente de gastos e uma reforma da Previdência adequada durante um seminário ontem, na Fiesc. O economista argumentou que, no caso da Previdência, a solução passa por equilibrar o déficit do setor público. Saiba mais na entrevista que fiz para a coluna Conexão Econômica, do fim de semana.

Resultado
Uma as redes de lojas satisfeitas com os resultados da Black Friday é a Berlanda. Na campanha, conseguiu crescimento de 22% frente ao mesmo período de 2016, com a venda de 43 itens por minuto. A expectativa é de expansão parecida para o Natal, informou a empresa. 

Leia mais: 

Acate foca mercado global

Alternativa ao embargo russo para as carnes catarinenses

Estado lança Prefis para parcelamento de ICMS atrasado

Foto: Arte DC


 Veja também
 
 Comente essa história