MBL de SC promove ações para desocupação das escolas invadidas Divulgação/Divulgação

Foto: Divulgação / Divulgação

Movimento Brasil Livre de Santa Catarina está organizando várias ações de mobilização após as eleições deste domingo para desocupação das escolas invadidas em Santa Catarina. O presidente, Ramiro Zinder, denuncia que o movimento de invasão das instituições tem viés partidário e que os manifestantes são manipulados por professores. O MBL também está acionando o Ministério Público para que as atividades escolares retornem à normalidade.

Reitor curvou-se
O reitor da Udesc, professor Marcus Tomasi, curvou-se aos manifestantes que invadiram a sua Reitoria. Tinha liminar do juiz Laudenir Petroncini, que determinou a imediata saída dos desordeiros que se negavam a cumpri-la. Negociou com os invasores e deu prazo até segunda-feira. A liminar foi suspensa e a Reitoria continua sem telefone, sem energia e invadida. Sua autoridade está mortalmente ferida.

Civilizados
Estudantes da UFSC que são a favor da PEC 241 que limita os gastos do poder público se manifestaram de forma respeitosa, sem a invasão de prédios. Colocaram a mensagem deles nas paredes da Reitoria.

Foto: Divulgação / Divulgação

Grevistas
Em qualquer país medianamente civilizado do mundo, trabalhador que faz greve tem descontos nos salários. É da regra do jogo. No Brasil, um congresso malandro e improdutivo está há 28 anos para regulamentar o direito de greve no serviço público. Servidores fazem greve, prejudicam a população e recebem vencimentos integrais. Foi preciso o Supremo Tribunal Federal julgar ação para acabar com mais este escândalo.

PT: a crise
Deputado federal Pedro Uczai confirmou conversas com líderes nacionais e estaduais do PT visando "construir um processo coletivo de mudança dos rumos do partido". Reitera também que há consenso de que "o PT passa por uma crise interna e precisa de um novo projeto político". Até agora não tem decisão sobre o que fazer.

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Eleições 2016: Angela Amin ocupou mais minutos na TV do que Gean Loureiro

Eleições 2016: termina nesta sexta a propaganda eleitoral obrigatória 

Governo deve liberar 15 milhões para obras em escolas atingidas por vendaval em Tubarão e no Sul

 Veja também
 
 Comente essa história