O Conselho Deliberativo da Fundação Celesc de Seguridade Social-Celos decidiu abrir novo Procedimento Administrativo Disciplinar para apurar responsabilidade nos investimentos realizados no Fundo FIP GEP, que resultaram em prejuízos de 130 milhões de reais. Uma nova reunião para analisar o polêmico processo foi marcada para o dia 5 de abril, quando haverá o julgamento do relatório de auditoria. 

Acompanhe as publicações de Moacir Pereira

Leia também: 

Após aprovação da terceirização, entidades patronais comemoram e centrais sindicais preparam greve

Terceirização expõe problemas trabalhistas

Terceirização multiplicará empregos

entFrom:cms -->
 Veja também
 
 Comente essa história