Lideranças do agronegócio do Estado estão preocupadas com o fato de o Brasil ter ficado fora do maior acordo comercial do mundo, a Parceria Transpacífico, que inclui, Estados Unidos, Japão e mais 10 países. Elas estudam alternativas para não perder boa parte do mercado japonês de carne de frango, onde as agroindústrias brasileiras dominavam com nada menos de 90% do total. O tema foi abordado na Expolages, que se encerrou ontem. – Foi um erro da diplomacia brasileira não ter acompanhado, negociado ou participado das tratativas que resultaram na aprovação do acordo que criou o mercado comum do Pacífico – afirmou o presidente da Federação da Agricultura do Estado, José Zeferino Pedrozo. O atendimento pode ser pelos EUA. O Brasil se diferencia porque não teve gripe aviária.

Leia as últimas notícias

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história