Projeto que regulamenta a atividade de comida de rua, os chamados Food Trucks, foi aprovado hoje pela Câmara de Vereadores de Florianópolis. Saiba mais no texto abaixo, divulgado pelo assessor de imprensa da CDL, Marcos Heise:

Food Trucks têm atividade regulamentada em Florianópolis

A Câmara dos Vereadores de Florianópolis aprovou na sessão desta quarta-feira, 14, o Projeto de Lei que regulamenta a atividade dos food trucks na Capital. O projeto que tramitou no Legislativo municipal é de autoria do vereador Ed Pereira.

Com 42 filiados, o recém Núcleo dos Food Trucks da CDL de Florianópolis acompanhou de perto o andamento do projeto elaborado pelo vereador Ed Pereira, inclusive participando dos encaminhamentos e das tratativas junto com representantes de órgãos públicos municipais diretamente ligados a esta questão.

A Coordenadora do Núcleo de Food Trucks da CDL de Florianópolis, Juliana Silva, acredita que a regulamentação traz a indispensável segurança jurídica desta atividade e também vai elevar a profissionalização de quem opera neste segmento. A ideia básica do projeto é permitir a atuação dos food trucks em lugares públicos como praças e praias e de maneira itinerante.

Em termos de organização interna, o Núcleo de Foods Trucks da Capital já deu um passo à frente e antes mesmo desta regulamentação já elaborou um Manual de Boas Práticas que norteia todas as etapas das operações dos participantes filiados, com ênfase para a formalização do negócios junto aos órgãos públicos. O guia é inédito em Santa Catarina e já serve de referência para iniciativas semelhantes em outras cidades.

O Presidente da CDL de Florianópolis, Marco dos Santos, comemorou a aprovação do projeto. “O Núcleo de Food Trucks mostrou um grau elevado de profissionalismo e de mobilização até aqui e a regulamentação da atividade é resultado do esforço destes empresários que defendem a atividade formal e legalizada. Será mais uma opção para os consumidores neste segmento de alimentação que só faz crescer e isso é fundamental para nossa economia”, declarou.

Leia as últimas notícias

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história