Direto do Campo é fechado na Beira-Mar Norte, em Florianópolis Marco Favero/Agencia RBS

Foto: Marco Favero / Agencia RBS

O fechamento do Direto do Campo na Avenida Beira-Mar Norte, quarta-feira(07), foi apenas o epílogo de um enredo mal contado, em que todos saem perdendo. Os oficiais de Justiça, com apoio da Polícia Militar, cumpriram o que determina a decisão judicial. O local de 10,7 mil metros quadrados era palco de uma disputa entre o governo de SC, dono da área, e a Associação de Moradores da Agronômica, que a ocupa desde 1989. Empurrado com a barriga durante anos por quem deveria lutar pelos comerciantes, o processo acabou prejudicando pelo menos 400 empregos direta ou indiretamente. Agora é tentar correr atrás do prejuízo. O vereador Edinho Lemos propôs uma audiência pública de emergência na Câmara de Florianópolis. Também existe na Casa Civil um projeto de lei para repassar a área para o município.

Leia as últimas notícias

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história