Conhecimentos de matemática, ciências, interpretação de textos e ética para a vida e a carreira são essenciais à segurança e liberdade a todas as pessoas. Embora tenha participação das famílias, o desafio maior de transmitir essas lições é dos professores, cujo dia é comemorado hoje.

Apesar da principal avaliação internacional de qualidade na educação, o teste de Pisa, mostrar que o Brasil está nos últimos lugares do ranking, muitas iniciativas brilhantes estão sendo adotadas em todo o país e especialmente em Santa Catarina para aprimorar o aprendizado e reduzir as diferenças frente ao Primeiro Mundo.

Na maioria das vezes, não envolve mais dinheiro, mas criatividade, motivação e disciplina. Uma das iniciativas para elevar a qualidade do ensino é o Seminário Internacional de Educação, com especialistas da China, Finlândia e Estados Unidos, que a Federação das Indústrias (Fiesc) realiza na próxima terça-feira, a partir das 8h30min.

O evento integra o Movimento A Indústria pela Educação e será aberto pelo presidente da Fiesc, Glauco José Côrte. Um dos palestrantes será Rodrigo Pimentel, do Google for Education, que falará sobre inovação e educação do futuro. A Fiesc vai assinar termo de cooperação com o Google para uso de aplicativos da plataforma Google for Education, além de capacitação dos professores que utilizarão as ferramentas. O público convidado é de professores das escolas parceiras do Movimento e das escolas do Sesi e do Senai.

São iniciativas como essa que vão disseminando conhecimento e elevando o nível de aprendizado. Assim, os cidadãos terão mais base, garantindo um ciclo melhor para o país.

Leia as últimas notícias


DIÁRIO CATARINENESE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história