PMDB: "Pronto para o novo tempo" Soledad Urrutia/Divulgação

Foto: Soledad Urrutia / Divulgação

A Convenção Estadual do PMDB, realizada no auditório Antonieta de Barros elegeu, por aclamação e muita festa, o deputado federal Mauro Mariani seu novo presidente. Encerrou um ciclo sob o comando do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, que ficou no cargo por 11 anos. O evento, como previsto, foi marcado por sucessivos discursos enaltecendo o bom momento vivido pelo partido, sobretudo pela unidade politica que poderá conduzi-lo ao governo em 2018, tem predominante nas conversas e em vários discursos.

O ex-presidente interino Valdir Cobalchini anunciou o início das comemorações dos 50 anos de existência do partido, considerado o que tem a maior duração e a maior estrutura na história de Santa Catarina e do Brasil. Exibiu o hino do cinquentenário depois de distribuir a letra da música entre os convencionais.

O ex-presidente licenciado, Eduardo Pinho Moreira, enfatizou os números da estrutura e das últimas eleições, dados que tornam o PMDB o melhor do Brasil em termos de desempenho eleitoral.

A ausência do governador Raimundo Colombo e do comando do PSD, maior aliado do PMDB, foi interpretada como sinal de que os dois partidos não estariam juntos em 2018.

Os principais líderes, contudo, asseguram que Colombo trabalha no Centro Administrativo e no PSD pela reedição da aliança. Renunciaria no início de 2018 para concorrer ao Senado, apoiando o candidato ao PMDB ao governo. Nos termos do acordo celebrado em 2014.

A Convenção Estadual e o material publicitário fixou-se no tema da campanha: “Pronto para um novo tempo”.


Leia as últimas notícias
DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história