Além da conjuntura econômica que colabora para que Santa Catarina estime a atração de 8 milhões de visitantes para a próxima temporada, 30% a mais do que os 6,5 milhões da anterior, há investimentos em infraestrutura e serviços que vão facilitar a vida de quem virá ao Estado. A nova âncora ao setor é a ponte Anita Garibaldi, em Laguna, que abriu os caminhos para os gaúchos e hermanos virem de carro via BR-101 Sul. Há, também, outras iniciativas públicas e privadas.

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello, teve a confirmação, ontem, de um novo voo diário da Gol Linhas Aéreas de São Paulo a Florianópolis com saída do aeroporto de Congonhas às 13h45 e retorno imediato, a partir do próximo domingo (25). A decisão da empresa foi em função da confirmação de maior fluxo de turistas já registrado por agências de viagens.

Conforme Mello, a secretaria vai contratar 22 profissionais fluentes em espanhol e inglês para atender nos postos de serviços do Aeroporto Hercílio Luz, estação rodoviária de Florianópolis e em Dionísio Cerqueira também estão sendo treinados 350 profissionais nas atividades de recepcionistas, camareiras e garçons.

São iniciativas que, junto com outros investimentos nas áreas de energia, água e segurança, vão melhorar o atendimento aos milhares de turistas que visitarão o Estado no período entre 15 de dezembro e 15 de fevereiro. Cerca de 35% virão do exterior, prevê a secretaria de Turismo.

É claro que considerando o que Santa Catarina merece, existem ainda muitos obstáculos, mas pelo menos alguma coisa vem sendo feita.

Leia as últimas notícias

 Veja também
 
 Comente essa história