O promotor Thiago Carriço e o delegado Alexandre Kale acompanharam a sessão da Câmara sobre a liberação do surfe durante a pesca da tainha. Apaixonados pelo esporte, estavam lá como cidadãos. Mas por pouco a coisa não esquentou com o vereador Celso Sandrini (PMDB), que os criticou.

Leia as últimas notícias

 

 DC Recomenda
 
 Comente essa história