A pesquisa sobre o perfil do eleitor catarinense mostra que 62,9% discorda totalmente da regularização do aborto; 43,6% é contra o casamento gay; 64,4% contra a legalização da maconha; e 91,3%nega qualquer tipo de preconceito racial. Ou seja, em todos os quesitos ditos mais polêmicos (aborto, maconha e casamento gay), os catarinenses revelam que são conservadores. Mas quando o assunto é racismo, aí vale mentir até para o entrevistador só para ficar bem na foto. Conta pro bonequinho, como diria o manezinho.

Pesquisa mostra um eleitor mais exigente
Quase 80% dos brasileiros são contra legalização da maconha e do aborto

Acompanhe as últimas publicações de Rafael Martini 

 Veja também
 
 Comente essa história