A Secretaria de Educação de Florianópolis comemora mais uma conquista no ensino fundamental. Estudantes da Escola Básica Municipal Donícia Maria da Costa asseguraram sua vaga na final nacional da IX Olimpíada de Raciocínio da Mind Lab, evento que reúne mais de 110 mil participantes de todas as regiões do Brasil.

O torneio é realizado com jogos de raciocínio de tabuleiro e é composto por fases presenciais e online. Mais do que aprender a competir de maneira saudável, as Olimpíadas têm como finalidade promover as habilidades que os jogos estimulam os alunos a desenvolverem a capacidade de enfrentar desafios, desenvolver a criatividade, lidar com regras, com situações adversas, reagir às emoções, trabalhar em grupo, planejar ações, respeitar o próximo.

Elas compõem o rol das chamadas habilidades socioemocionais, presentes no dia a dia de qualquer pessoa e, cada vez mais, estruturadas para aprendizagem nas escolas brasileiras.

Após a fase interna das escolas, todas as equipes competiram entre si na fase classificatória, online, com alunos de todo o Brasil. Os estudantes Eduardo Sousa Machado e Kaylane Pereira da Silva, ambos do 8º ano, e João Vitor Ricardo e Gabriel Fernandes Jorge, ambos do 7º ano (na categoria do 4º ao 7º ano) conseguiram avançar até a final nacional, que acontece em São Paulo no dia 6 de maio.

A coordenadora do projeto na Escola Municipal Donícia Maria da Costa, Tomázia da Silva Lino, lembra que por intermédio dos jogos, os participantes passam a ser mais éticos e sociáveis. ¿ A tendência deles é se colocarem no lugar um do outro. Desta forma, o respeito entre eles aflora¿, destaca. Tomázia diz que o mind lab da unidade educacional já contou, desde 2010, quando o espaço foi montado, com quase 2 mil alunos. 

Possibilidade de ir para Grécia

Na final, estarão presentes cerca de cem competidores de varias partes do país, divididos em mais de 20 equipes, todos vencedores da etapa regional. O torneio é dividido em duas categorias: 4º ao 7º ano e 8º ao 9º ano (do Ensino Fundamental).

Todos os vencedores da etapa nacional serão premiados, mas os estudantes de 4º ao 7º ano ainda terão a oportunidade de representar o Brasil na fase internacional da Olimpíada, que acontecerá na Ilha de Creta (Grécia), no dia 11 de junho, juntamente com alunos de outros 7 países.

Boa sorte

Para Sandra Garcia, diretora pedagógica da Mind Lab e responsável pela metodologia, os jogos são uma forma de estimular a participação dos estudantes e reforçar a importância do estudo. ¿Esse torneio é um instrumento que ajuda a colocar em prática habilidades essenciais para a vida dos estudantes e que estão cada vez mais presentes no currículo educacional¿, diz. ¿Esperamos que os estudantes de Florianópolis aprendam e se divirtam muito com a participação em São Paulo, e se saiam bem na competição¿, completa.

Conforme o secretário municipal de Educação de Florianópolis, trata-se de um recurso didático descontraído e empolgante que resulta num bom ensino-aprendizado. ¿A rede municipal de ensino está muito orgulhosa de nossos alunos¿, complementa Maurício Fernandes Pereira. 

Sobre a Olimpíada Internacional Mind Lab (http://olimpiadas.mindlab.com.br)

Torneio de jogos de raciocínio que reúne diversos países que aplicam a Metodologia Mind Lab. As equipes têm a oportunidade de colocar em prática todo o conhecimento e estratégias exploradas pelo Programa MenteInovadora em um evento em que alunos, educadores e famílias trocam experiências e celebram a jornada intelectual e emocional. 

Na final internacional, cada equipe é formada por 4 alunos do 4º ao 7º ano e do 8º ao 9º ano do ensino fundamental, que competem em modalidades/jogos diferentes: Damas Olímpicas, jogo Octi, jogo Bloqueio e o jogo Abalone. 

Sobre a MindLab (www.mindlab.com.br) 

A MindLab é reconhecida mundialmente por sua abordagem inovadora voltada para o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais de crianças e jovens, para que eles estejam preparados para enfrentar os desafios da vida moderna. Fundada em Israel em 1994, a empresa já beneficiou milhões de estudantes ao redor do mundo, com presença em 25 países, dentre eles China, Estados Unidos, Reino Unido e Turquia. Sua metodologia exclusiva conta com três pilares: jogos de raciocínio, usados intencionalmente, métodos metacognitivos e professor mediador, apoiando os estudantes a transferirem os aprendizados com jogos para a vida real.

No Brasil, onde hoje fica a sede da empresa, a Mind Lab é parceira de mais de mil instituições de ensino do setor público e privado e conta com cerca de 20 mil professores certificados para aplicação do Programa Mente Inovadora, que é integrado ao currículo com uma aula semanal. 

Com a finalidade de ampliar o engajamento e impacto na formação dos jovens, a Mind Lab tem investido também no desenvolvimento de soluções complementares, tais como a plataforma de preparação para ENEM e Vestibulares Missu e o portal de games MindLab.NET.


 Veja também
 
 Comente essa história