MEC publica edital com mudanças no Enem 2017; taxa de inscrição tem reajuste de 20% Mauro Vieira/Agencia RBS

Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS

O edital da edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União. A principal alteração é que as provas este ano serão aplicadas em dois domingos seguidos, dias 5 e 12 de novembro, e não mais em um único fim de semana. As inscrições serão feitas das 10h do dia 8 de maio às 23h59 do dia 19 do mesmo mês no site do exame. As informações são da Rádio Gaúcha.

A taxa de inscrição passou de R$ 68 para R$ 82, um reajuste de 20,5%. O pagamento deverá ser feito até o dia 25 de maio. Estão isentos alunos de escolas públicas concluintes do Ensino Médio em 2017, participantes carentes, de acordo com o cadastro no CadÚnico do governo federal, e estudantes que se enquadrarem nas exigências da lei 12.799/2013, que trata das isenções em processos seletivos federais.

Até o ano passado, o pedido de gratuidade ocorria por meio de autodeclaração. Nesta edição, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) poderá consultar o cadastro do CadÚnico para verificar se o candidato cumpre com as exigências para isenção do pagamento da taxa. O participante que tiver sua solicitação de carência indeferida deverá gerar a guia de pagamento no site do Enem.

Leia mais
Inep tem até 10 de abril para divulgar espelhos de redação do Enem 2016 
Jocelin Azambuja: Enem sem avaliação, por quê?
Ministro da Educação diz que Enem terá mais mudanças e ampliação do Fies

Outra mudança é que o candidato que solicitar a isenção e não comparecer nas provas, terá de anexar documentos que justifiquem a ausência para conseguir nova edição em 2018, como atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência. Antes, era necessário apenas justificar a ausência durante a nova inscrição.

Participantes deficientes ou com outra condição especial poderão solicitar tempo adicional para as provas de uma hora no ato da inscrição. No entanto, a partir de agora será necessário incluir um laudo para comprovar o atendimento especial durante a inscrição. O resultado da análise será disponibilizado na página do participante. Até o ano passado, o laudo era exigido apenas no dia das provas.

Para candidatos que não se enquadram no atendimento especializado, mas precisam de algum recurso para a prova devem incluir a opção "outra condição específica" durante a inscrição.

Para esta edição também houve alteração na ordem das provas. Linguagens e redação, que antes ficavam no segundo dia, agora passam para o primeiro dia de aplicação, juntamente com ciências humanas. No segundo dia, os candidatos responderão questões de ciências da natureza e matemática.

Outra mudança é que os candidatos receberão cadernos de questão personalizados, com o nome e número da inscrição, juntamente com o cartão de respostas. Até o ano passado, o cartão era entregue separado e os participantes precisavam fazer uma identificação de acordo com a cor da sua prova.

Leia as últimas notícias

Inscrições
Das 10h do dia 8 de maio às 23h59 do dia 19 de maio.

Datas
5 e 12 de novembro de 2017 (dois domingos consecutivos).

Horários
Assim como no ano passado, os portões serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h. As provas terão início às 13h30.

Provas
Primeiro dia: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências da Humanas e suas Tecnologias, com duração de 5 horas e 30 minutos.
Segundo dia: Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos.


 Veja também
 
 Comente essa história