Criado em uma aula de educação física ministrada pela professora Ana Destri, na Escola Básica Municipal de Florianópolis José Jacinto Cardoso, na Serrinha, em 2013, o projeto Bicicleta na Escola está ganhando o mundo.

Depois de apresentar o projeto em diversos eventos na América Latina, a professora viaja hoje para a Holanda, para participar do VELOCITY, evento que acontece na cidade de Nijmgen.

O objetivo do ¿Bicicleta na Escola¿ é apurar o senso crítico das crianças quanto às questões da mobilidade urbana, como também orientar no ir e vir com segurança de casa para a escola e da escola para casa, utilizando a bicicleta como meio de transporte.

Além disso, por ser um exercício aeróbico, que faz uso do oxigênio no processo de geração de energia, a bicicleta estimula a frequência cardíaca e o músculo do coração, melhorando a capacidade cardiopulmonar e cardiovascular.

Fama internacional

A professora Ana Destri já participou do Fórum Mundial da Bicicleta, na cidade de Santiago, no Chile e do Fórum Mundial da Bicicleta ,que ocorreu na Cidade do México, no México.

O VELOCITY, que acontece do dia 13 a 16 de junho, é uma série de conferências sobre ciclismo, feitas para encorajar a prática da pedalada como parte do transporte diário e recreação.

¿Falar de bicicleta no país da bicicleta esta sendo uma experiência surreal¿, conta a professora, que hoje trabalha no Núcleo de Educação Infantil Municipal (NEI) Nagib Jabor, no Estreito.

O Secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, diz que a rede municipal sente muito orgulho em ter a professora Ana representando a todos no exterior. ¿Projetos como esse da professora enriquecem o ensino-aprendizagem em nossas escolas¿, complementa. 

Inspiração em território nacional

O projeto coordenado pela professora é pioneiro no país e já começou a ser replicado em outros estados, como Goiás e Rio de Janeiro. Com isso, a visibilidade da iniciativa apenas aumenta e ela está sendo selecionada para integrar eventos nacionais e internacionais.

O Bicicleta na Escola está presente nas escolas José Jacinto Cardoso, na Serrinha; João Gonçalves Pinheiro, no Rio Tavares; Dilma Lúcia dos Santos, na Armação do Pântano do Sul; Osmar Cunha, em Canasvieiras; Antônio Paschoal Apóstolo, no Rio Vermelho; e Adotiva Liberato Valentim, na Costeira do Pirajubaé.



 Veja também
 
 Comente essa história