SC tem os índices mais altos do país em escrita e matemática, diz Inep Felipe Carneiro/Agencia RBS

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

Escrever, ler e fazer contas. Esse é o desafio imposto pela Avaliação Nacional da Alfabetização (Ana), que está dentro do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Divulgados na última semana, os dados mais recentes do Saeb colocam o Estado em posição de destaque, principalmente em escrita e matemática. 

Os dados referentes a 2016 são resultado de avaliação feita 48 mil escolas públicas de todo o país. Foram analisadas 105 mil turmas do 3º ano do ensino fundamental. Os resultados são divididos entre "insuficiente" e "suficiente", além de "elementar", "básico", "adequado" e "desejável". 

Em relação à escrita, Santa Catarina obteve o índice mais alto no nível 5 . Conforme o levantamento, 13,47% dos estudantes alcançaram o patamar considerado o desejável. Apesar do bom resultado perante o país, na pesquisa anterior, o Estado tinha 22% dos alunos com essa nota. 

Na avaliação de matemática, os estudantes catarinenses também tiveram o resultado mais alto na categoria encarada como desejável em relação ao restante do Brasil, 40,82% alcançaram o nível 4. No levantamento anterior, há dois anos, eram 39%.

Santa Catarina também se destaca no quesito leitura, onde atingiu o segundo melhor índice no nível 4, que é considerado desejável. De acordo com o estudo, 19,35% tiveram esse resultado, enquanto que anteriormente eram 18%. 

Veja outros números revelados pela Ana/Saeb:

LEITURA
SC 2014/2016
Nível 1 (elementar): 9% / 9,61% (2º menor índice, só atrás de MG com 9,58%)
Nível 2 (básico/insuficiente): 30% / 29,57%
Nível 3 (adequado/suficiente): 43% / 41,46¨%
Nível 4 (desejável): 18% / 19,35% (2º melhor índice, só atrás de MG com 23,29%)

ESCRITA
SC 2014/2016
Nível 1 (elementar/insuficiente): 4% / 5,73% (3º menor índice do país, atrás do PR com 4,18% e MG com 5,72%)
Nível 2 (elementar/insuficiente): 6% / 8,87%
Nível 3 (elementar/insuficiente): 3% / 0,55%
Nível 4 (adequado/suficiente): 64% / 71,37%
Nível 5 (desejável/suficiente): 22% / 13,47% (índice mais alto do país)

MATEMÁTICA
SC 2014/2016  
Nível 1 (elementar/insuficiente): 11% / 10,53% (menor índice do país)
Nível 2 (elementar/insuficiente): 28% / 27,29%
Nível 3 (adequado/suficiente): 22% / 21,36%
Nível 4 (desejável/suficiente): 39% / 40,82% (índice mais alto do país)

Leia também:
"Glossário da Diversidade" é lançado pela UFSC

Testamento vital, que garante morte digna a pacientes terminais, ainda é pouco utilizado em SC

Stalker! Site mostra fotos curtidas e comentários feitos por amigos no Facebook

 Veja também
 
 Comente essa história