Espetáculo internacional de sapateado abre Floripa Tap nesta sexta-feira Gabriel Heusi/Divulgação

Foto: Gabriel Heusi / Divulgação

CORREÇÃO: Diferente do que informou este site, o evento ocorre de sexta-feira a domingo. O texto original já foi corrigido.

Marina Coura tem como projeto pessoal aprofundar a ligação entre a dança no Brasil e nos Estados Unidos, particularmente o sapateado. Professora há 15 anos, foi morar nos Estados Unidos para aprimorar suas técnicas e se apresentou em palcos de Nova York, Los Angeles e Chicago. Morando em Florianópolis, ela organiza, a partir desta sexta-feira, a terceira edição do festival de sapateado Floripa Tap, que terá dois convidados internacionais: Nico Rubio, dançarino reconhecido mundialmente, e Maud Arnold, que já substituiu a diva do pop Beyoncé em vídeos e comerciais. O espetáculo de abertura será no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), às 20h30min.

Os dois norte-americanos fazem parte do grupo que participará de três dias de workshops, apresentações e jam sessions da dança de origem irlandesa consagrada em Hollywood a partir dos anos 1930, com astros como Fred Astaire e Gene Kelly.

Entre os brasileiros estarão presentes a paulista Samanta Varela e a catarinense Bia Mattar. Coreógrafa, bailarina e professora, Samanta é diretora de Sapateado da Academia Cristina Cará e comanda o festival Encontro dos Ritmos, em São José dos Campos. Bia é coreógrafa e bailarina profissional, além de representar a ITA — International Tap Association (Associação Internacional de Sapateado).

— Um dos destaques é a Jam Session na Casa de Noca, ao som de música afro, que faz parte da nossa herança cultural — conta a organizadora.

Cursos

Durante o Floripa Tap, profissionais irão ensinar técnicas de sapateado em 24 cursos voltados aos públicos infantil, intermediário e avançado, na Escola Garagem da Dança, em Florianópolis.

—  Vale lembrar que os cursos teóricos são abertos ao público geral e os práticos são para aqueles que já têm conhecimento em dança — explica Marina.

Para os inscritos nos workshops práticos, cinco participantes de destaque serão contemplados com bolsas para os festivais americanos L.A. Tap Fest, em Los Angeles, DC Tap Festival, em Nova York, e Tap in Rio, no Rio de Janeiro.

Preste atenção

A americana Maud Arnold faz um trabalho bem interessante de trazer o sapateado para ritmos pops e atuais. No vídeo abaixo ela se apresenta com um grupo de mulheres ao som de Rihanna.

Para seu filho ler

— O sapateado é uma dança que nasceu de uma mistura da cultura da Irlanda com a da África. A Irlanda é um país da Europa em que faz muito frio no inverno. Para proteger os pés, os camponeses usavam um sapato de madeira com salto, que fazia barulho ao andar. No intervalo do trabalho, eles começaram a brincar com os sapatos. 

— De lá os sapatos foram levados para a Inglaterra e os Estados Unidos, onde os escravos negros pegaram o sapato barulhento e acrescentaram movimentos com o corpo, criando o sapateado.

— A história dessa dança tem tudo a ver com a do cinema. O cinema com som foi inventado em 1927. Logo depois, em 1929, fizeram o primeiro filme em que as pessoas faziam sapateado.

— A dança virou moda, todo mundo queria ver apresentações de sapateado tanto no teatro, numa rua bem famosa de Nova York chamada Broadway, quanto no cinema

— Aí surgiram atores que era muito bons em sapatear. Um deles se chamava Fred Astaire e ele fez um dos filmes mais marcantes da história do cinema, chamado Dançando na Chuva, em 1952. Se quiser ver um pouco do filme, é só clicar aqui: clic.sc/dancando-chuva.

Agende-se
O quê: Espetáculo de abertura do Floripa Tap com apresentação de sapateado com Maud Arnold, Nico Rubio, Trio de Jazz e cenas do espetáculo Arte Amada Brasil
Quando: sexta, às 20h30min
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (R. Marechal Guilherme, 26, Centro, Florianópolis)
Quanto: R$ 50 e R$ 25 (meia-entrada ou antecipado)

O quê: Floripa TAP 2013 - 24 Workshops
Quando: de sexta a domingo, das 9h30min às 18h45min
Onde: Garagem da Dança (Av. Madre Benvenuta, 1.636, Santa Mônica, Florianópolis)
Quanto: R$ 50 (aula avulsa) e R$ 600 (passe livre para todos os cursos)

Informações no site www.garagemdadanca.com.br ou pelo telefone (48) 3209-9023

DIÁRIO CATARINENSE
 DC Recomenda
 
 Comente essa história