A lista dos 50 filmes para você assistir na Netflix foi atualizada no dia 20 de março de 2019.

É conhecida uma piada que diz que o assinante da Netflix passa mais tempo escolhendo o filme a que vai assistir do que, de fato, o assistindo. Isso porque o catálogo do serviço de streaming é gigante e a organização dos títulos no site ou nos aplicativos não é das melhores.

Leia mais
50 séries infantis para ver na Netflix e em outros serviços de streaming
25 séries com mulheres fortes a que você tem que assistir
Em clima de "Hereditário", confira seis filmes de terror sobre possessões demoníacas

Para ajudar, GZH lista meia centena de filmes imperdíveis que você pode garimpar da imensa lista do serviço. 

1.  Spotlight: Segredos Revelados

Uma equipe implacável de repórteres e editores do jornal Boston Globe investiga um caso chocante de abuso sexual encoberto pela igreja católica. Vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2016.

2. A Grande Aposta

Ryan Gosling, Steve Carell, Christian Bale e Brad Pitt interpretam investidores e especuladores financeiros que pretendem obter lucros acima do normal com a crise imobiliária que acometeu os Estados Unidos — apesar dos estragos que causa na vida das pessoas. Baseado em fatos reais, o filme retrata com ironia as engrenagens do capitalismo mais selvagem. Dirigido por Adam McKay, venceu o Oscar de melhor roteiro adaptado em 2016. 

3. Django Livre

django livre, filme de quentin tarantino, com christopher waltz, jamie foxx
Christoph Waltz e Jamie Foxx em "Django Livre"Foto: Sony Pictures / Divulgação

Neste filme de Quentin Tarantino, Leonardo DiCaprio é um sádico senhor de escravos que tem como passatempo fazer seus escravos brigarem violentamente entre si. Em sua fazenda surge Django, um negro liberto interpretado por Jamie Foxx, que está na busca de sua esposa, vendida no tráfico. O filme foi indicado a cinco categorias no Oscar de 2013. 

4. A Bruxa

 A trama de A Bruxa se passa em 1630, na Nova Inglaterra, onde uma família de puritanos vive isolada nas franjas de uma floresta, depois de ter sido expulsa da colônia por conta do rigor religioso de seu patriarca, William (Ralph Ineson). Depois que o bebê do clã é roubado por uma bruxa, o medo e o fervor religioso começam a dividir a família: a mãe, Katherine (Kate Dickie), desconfia que a filha mais velha, Thomasin (Anya Taylor-Joy), que estava cuidando da criança quando ela sumiu, seja uma feiticeira – ao mesmo tempo em que o casal de gêmeos pequenos, sempre às voltas com um bode preto, reforça a acusação à irmã. 

5. Birdman - Ou a Inesperada Virtude da Ignorância 

Michael Keaton as “Riggan” in BIRDMAN. Photo by Atsushi Nishijima. Copyright © 2014 Twentieth Century Fox.coluna, colunista, claudia tajes, revista donna, domingo, dia 8 de fevereiro de 2015
Michael Keaton é o ex-herói trajado de pássaro Foto: Atsushi Nishijima / Twentieth Century Fox

Um ator que fez sucesso como super-herói quer provar, na meia-idade e após certo ostracismo, que tem talento verdadeiro para grandes trabalhos artísticos — como a adaptação de uma respeitável peça do escritor Raymond Carver. Para isso, driblará atritos nos bastidores do teatro, oscilações emocionais da equipe à sua volta, o azedume de uma crítica de teatro capaz de destruir reputações e, acima de tudo, tentará domar uma insistente voz interior que lhe desafia a sair da mesmice. Com Michael Keaton no elenco e dirigido por Alejandro Iñarritu, o filme ganhou quatro Oscar em 2015 — melhor filme, melhor roteiro original, melhor diretor e melhor fotografia. 

6. 12 Anos de Escravidão

12 anos de escravidão, filme com Chiwetel Ejiofor
Chiewtel Ejiofor interpreta o escravo Solomon NorthupFoto: Disney / Divulgação

Baseado nas memórias escritas de Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor), drama conta a história de um violinista negro sequestrado em 1841 e forçado por um senhor de escravos (Michael Fassbender) a trabalhar em suas terras, sendo libertado por um advogado (Brad Pitt) apenas 12 anos depois. Dirigido por Steve McQueen (de Fome e Shame), o filme ganhou os Oscar de melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor atriz coadjuvante (Lupita Nyong'o).

7. Carol

Carol, filme, Cate Blanchett e Rooney Mara
Cate Blanchett e Rooney Mara vivem casal homossexual em "Carol"Foto: Mares Filmes / Divulgação

Indicado a seis Oscar em 2016, o drama estrelado por Cate Blanchett foi considerado o melhor filme gay de todos os tempos pelo Instituto Britânico de Cinema. A trama se passa em Nova York, nos anos 1950, e mostra o relacionamento de uma mulher rica casada com uma balconista de uma loja de departamentos, interpretada por Rooney Mara. A produção é dirigida por Todd Haynes, que já trabalhou com Blanchett em Não Estou Lá

8. O Menino do Pijama Listrado

Esse filme de 2008 adapta para o cinema a emocionante história contada no livro homônimo de 2007, de um menino que se muda de Berlim para a Polônia durante o nazismo e acaba fazendo amizade com um menino polonês. 

9. Roma

roma, filme de Alfonso Cuarón
Yalitza Aparicio é uma empregada doméstica com a vida subjugada por uma família em "Roma"Foto: Netflix / Divulgação

Vencedor do Leão do Ouro no Festival de Veneza 2018, este filme do cineasta premiado com o Oscar Alfonso Cuarón retrata um ano tumultuado na vida de uma família de classe média da Cidade do México no início dos anos 70. Todas as atividades da casa recaem sobre a empregada, Cleo (Yalitza Aparicio), que tem sua vida limitada às ações da família. 

10. The Ballad of Buster Scruggs

Tim Blake Nelson is Buster Scruggs in The Ballad of Buster Scruggs, a film by Joel and Ethan Coen.
Tim Blake Nelson é dos homens do faroeste em "The Ballad of Buster Scruggs"Foto: Netflix / Divulgação

Este filme dos irmãos Ethan e Joel Coen é uma antologia com seis histórias em que os diretores revisitam o faroeste, destacando cânones imagéticos e narrativos consagrados por mestres do gênero, em especial John Ford e Sergio Leone: tem o cantor pistoleiro mais rápido do Oeste (Tim Blake Nelson), o bandoleiro condenado à forca (James Franco), a melancólica dupla de saltimbancos (Harry Melling e Liam Neeson) que narra passagens de Shakespeare e Percy Shelley em poeirentos grotões, o garimpeiro solitário (Tom Waits), caravanas de pioneiros cruzando território hostil e viajantes a bordo de uma fantasmagórica diligência. 

11. Bird Box

Cinco anos após uma onda de suicídios dizimar a população, Malorie e seus dois filhos iniciam uma desesperada e perigosa jornada em busca de refúgio. Com Sandra Bullock. Produção quebrou o recorde de maior número de exibições na Netflix em uma semana.

 12. Frida

Salma Hayek em Frida
Salma Hayek em "Frida"Foto: Reprodução / Adoro Cinema

Pintora mexicana cuja imagem foi resgatada pelo movimento feminista atual, Frida Kahlo tem sua história retratada neste longa de 2002. Quem assume o papel é a também mexicana Salma Hayek. No filme, é revelado o amor conflituoso que a pintora vivia com o muralista Diego Rivera, papel de Alfred Molina, e o caso passageiro, porém turbulento, com o revolucionário russo Leon Trotsky, interpretado por Geoffrey Rush.

13. O Leitor

Cena do filme O Leitor com Kate Winslet e Ralph Fiennes e direção de Stephen Daldry#PÁGINA:04 Fonte: Divulgação Fotógrafo: Imagens Films
Kate Winslet e David Kross em "O Leitor"Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

Indicado a cinco Oscar em 2009 — entre eles melhor filme, melhor diretor (Stephen Daldry) e melhor atriz (Kate Winslet, que recebeu a estatueta) — este filme conta uma poderosa história sobre paixão, decepção e culpa, com a literatura ocupando o centro do palco. Na Alemanha do pós-guerra, o adolescente Michael Berg (David Kross) começa um caso com uma mulher com o dobro de sua idade, Hannah Schmitz - uma aventura que o marcará para sempre. 

14. What Happened, Miss Simone?

Documentário  What Happened, Miss Simone?
A vida de uma das maiores cantoras do mundo é retratada no documentário "What Happened, Miss Simone?"Foto: Divulgação / Divulgação

Documentário original da Netflix que apresenta a vida da pianista, ativista e cantora Nina Simone. A história de Nina é contada por meio de imagens dos shows, diários, cartas e entrevistas de colegas e da sua única filha, Lisa. Traz, ainda, a relação abusiva que teve com o marido e produtor, o que deu origem a muitos de seus conflitos emocionais. Também deixa claro o quanto Nina se envolveu com a luta racial nos Estados Unidos, transmitindo esse desejo por respeito à comunidade negra em suas músicas e performances.

15. Janis: Little Girl Blue

Documentário combina uma fartura de material garimpado em arquivos pessoais e depoimentos atuais de amigos, familiares e músicos, que iluminam a vida, a obra e o legado de Janis Joplin – lenda do rock morta por overdose de heroína em 1970, aos 27 anos. Leia a crítica sobre o filme.

16.  O Hóspede

 Um homem se aproxima da família de um soldado morto em combate, dizendo ser amigo dele. Na verdade, os motivos da aparição dele são surpreendentes. 

17.  Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe

Mágoas e rivalidades marcam o reencontro de três irmãos que se reúnem em Nova York para homenagear o pai, um escultor sem sucesso e pra lá de marrento. 

18. Com Amor, Van Gogh

Robert Gulaczyk como Vincent Van Gogh na animação Com Amor, Van Gogh
O pintor Van Gogh retratado no filme "Com Amor, Van Gogh"Foto: A2 Distribuidora / Divulgação

Esta animação de 2017 tem uma proposta ousada: após serem filmadas, as cena foram pintadas por cerca de 100 artistas, num processo que faz o filme se assemelhar às pinturas de Vincent Van Gogh. A história procura elucidar a morte do pintor, que passou a apresentar um comportamento solitário e agressivo nos últimos anos de vida. A trama parte de uma carta que ele enviou a seu irmão, Theo, que nunca chegou a seu destino. O carteiro que detém o texto pede que o filho vá encontrar Theo, dando início à uma investigação que levanta a dúvida: Van Gogh de fato se matou?

19. Foi Apenas um Sonho

O casal de Titanic (1997), Kate Winslet e Leonardo DiCaprio, se reencontra neste drama dirigido por Sam Mendes (Beleza Americana). Na trama, a dupla vive um casal em crise, que viu sua vida sucumbir à rotina, tornando-se aquilo que não imaginava ser.

20. Chasing Trane

Apresentando entrevistas, informações privilegiadas e filmagens antigas, este documentário revela como eventos históricos moldaram a música de John Coltrane, ícone do jazz. 

21. Amnésia

Dirigido por Christopher Nolan, Amnésia (2000) é uma experiência desconcertante. A trama conta a história de Leonard Shelby (Guy Pearce), que sofre de perda de memória por causa de uma lesão na cabeça e busca o assassino de sua esposa. Para não esquecer sua missão, Shelby tira fotos em polaroid de pessoas e lugares e tem tatuagens espalhadas pelo seu corpo – que se revela um arquivo ambulante de sua mulher.

22. Okja

Este filme do diretor sul-coreano Bong Joon Ho é uma fantasia sobre garotinha (Ahn Seo-hyun) que luta para impedir que uma criatura gigantesca mantida por sua família seja raptada por multinacional com interesses nefastos chefiada pela personagem de Tilda Swinton. Paul Dano e Jake Gyllenhaal são outros nomes do elenco.

23. Garota Exemplar

Nick (Ben Affleck) e Amy Dunne (Rosamund Pike) formam um jovem casal com uma vida aparentemente perfeita em uma pequena cidade dos Estados Unidos. Certo dia, ela desaparece misteriosamente e a todas as evidências apontam para o marido. Acossado pela polícia, pela mídia e pela opinião pública, a vida de Nick se torna uma espiral descendente à medida que fraturas cada vez mais graves vão sendo reveladas na relação nem tão harmônica do casal. O diretor David Fincher em sua melhor forma. 

24. Seven - Os Sete Crimes Capitais

Seven - Os sete crimes capitais, com o ator Brad Pitt #PÁGINA:14 Fonte: Divulgação Fotógrafo: New Line Cinema
Brad Pitt e Morgan Freeman formam dupla de policiais que investiga serial killerFoto: Ver Descrição / Ver Descrição

A mente obscura de um serial killer é retratada neste outro excelente filme de David Fincher, considerado obra-prima do cinema na década de 1990. Este assassino se guia pelos setes crimes capitais para cometer atrocidades que considera refinadas. Quem tentará desvendar as pistas deixadas pelo criminoso é o veterano policial vivido por Morgan Freeman e o novato interpretado por Brad Pitt. 

25. O Caderno de Sara

Esta produção original Netflix conta a história de Laura Alonso, uma advogada espanhola que sai de Madri para a República Democrática do Congo, na África Central, após ver uma foto de sua irmã mais nova Sara, que estava presumida morta depois de dois anos desaparecida. O longa é dirigido por Norberto López Amado.

26. O Outro Lado do Vento

Restaurado e finalizado quarenta anos após sua produção, este filme inédito de Orson Welles é uma sátira que retrata os últimos dias de um diretor decadente tentando reconquistar seu espaço em Hollywood. Com John Houston, Peter Bogdanovich e grande elenco.

27. Beasts of No Nation

Com atuação impressionante, o pequeno Abraham Attah brilha neste que foi, até aqui, um dos raros longas-metragens ficcionais produzidos pela Netflix que apresentaram qualidades semelhantes às dos melhores documentários e das melhores séries originais da gigante do streaming. Na trama, Attah é um menino que fica órfão e é cooptado por um líder rebelde (Idris Elba) para lutar na guerra civil de um país africano. Dirigido por Cary Fukunaga (de Jane Eyre e True Detective), ganhou vários prêmios, no Festival de Veneza, inclusive, mas não conseguiu levar a Netflix ao Oscar.

28. Jason Bourne

Quinta filme da série estrelada por Matt Damon, Jason Bourne coloca o ex-espião para participar de uma trama cibernética que envolve os mistérios da morte de seu pai. Lançado em 2016, o longa foi bem aclamado pela crítica ao trazer o personagem com boas sequências de ação.

29. Lionheart

Depois que seu pai adoece, Adaeze resolve assumir a empresa da família. Mas antes precisa provar o seu valor em uma sociedade dominada pelos homens. O filme nigeriano é dirigido e estrelado por Genevieve Nnaji.

30. A Criada

Um dos mais conhecidos realizadores do cinema sul-coreano, Park Chan-wook exibe uma trama de alta voltagem erótica. Na Coreia dos anos 1930, época em que o país vivia sob ocupação japonesa, uma jovem criada tem um relacionamento afetivo com sua patroa, uma herdeira rica. O envolvimento é tão intenso quanto enigmático, sem que se saiba, ao longo de duas horas de história, quem está enganando quem. 

31. 12 Horas Para Sobreviver: O Ano Da Eleição

Uma candidata à presidência faz uma proposta ousada: ela quer acabar com a tradição de permitir uma noite de violência por ano. Com isso, ela terá que lutar pela sua vida.

32. Cinderela 

A adaptação do clássico desenho da Disney em live action traz  Lily James no papel de Ella, que fica à mercê da sua terrível madrasta, Lady Tremaine (Cate Blanchett), e suas filhas Anastasia e Drisella. Passeando na floresta, ela se encanta por um corajoso estranho (Richard Madden), sem desconfiar que ele é o príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o grande baile e acredita que pode voltar a encontrar sua alma gêmea, mas seus planos vão por água abaixo quando a madrasta má rasga seu vestido. Eis que surge uma fada madrinha (Helena Bonham Carter) para mudar o seu destino. 

33. Winter on Fire: Ukraine's Fight for Freedom

De Evgeny Afineevsky, documentário produzido pela Netflix, este longa indicado ao Oscar da categoria lembra muito The Square (2013), que se concentrava na luta dos egípcios pela liberdade em seu país. Só que, no caso da Ucrânia, a violência da polícia repressora do governo foi ainda maior (deixou dezenas, talvez centenas de mortos). E os flagrantes registrados por diversas câmeras de celular e incorporados à narrativa do longa, são maiores – e mais chocantes. O cenário frio (as manifestações contra o presidente Viktor Yanukovich se deram no inverno, em meio à neve) colabora para a criação de imagens verdadeiramente potentes.

34. Onde Os Fracos Não Têm Vez

Vencedor do Oscar de melhor filme em 2008, essa obra-prima dos irmãos Coen tem a atuação impecável de Javier Bardem como um assassino que mata suas vítimas com uma mangueira de ar comprimido.

35. O Profissional

Interpretando uma menina de 12 anos, a pequena Natalie Portman brilha ao lado do sempre bom Jean Reno neste que é um dos melhores filmes de Luc Besson (de O Quinto Elemento, Subway e Imensidão azul). A história da amizade improvável de um matador de aluguel com a garotinha que sobrevive ao massacre de sua família, e de seu plano de vingança contra o assassino, é de uma sensibilidade rara em se tratando dos longas de ação. Isso incorporando todos os clichês narrativos dos títulos do gênero.

36. Aniquilação

Ficção científica estrelada por Natalie Portman, que vive a bióloga Lena. Seu marido, Kane (Oscar Isaac), que é militar, partiu para uma missão secreta do governo há um ano e nunca mais voltou. Ao retornar, ele apresenta um comportamento estranho. Kane estava em uma região conhecida como Área X, local isolado onde a natureza tem suas próprias leis. Lena parte para a região com mais quatro mulheres em busca de respostas.

37. Julieta

Com roteiro e direção de Pedro Almodóvar, este drama baseado em três contos de Alice Munro retrata a história de uma mãe buscando a reconexão com a filha há muito tempo desaparecida.

38. O Lagosta

Em uma sociedade distópica, pessoas solteiras são perseguidas e obrigadas a encontrar um parceiro em 45 dias. Caso não consigam escolher ou mesmo criar afinidade com um parceiro, terão de escolher um animal para que vivem como ele. É um dos roteiros bizarros e instigantes do grego Yorgos Lanthimos. 

39. O Quarto de Jack

Filme que deu o Oscar a Brie Larson de melhor atriz narra o drama de uma mulher mantida em cativeiro por um estuprador durante anos. Ao lado do filho, fruto dessa relação abusiva, ela tenta escapar dessa situação trágica. 

40. O Regresso

Baseado na história real de um explorador, o lendário Hugh Glass, o filme mostra a busca por sobrevivência e vingança de um caçador solitário, interpretado por Leonardo DiCaprio. 

41.  27: Gone Too Soon

O documentário original Netflix mostra as circunstâncias que envolveram as trágicas mortes de Jimi Hendrix, Jim Morrison, Brian Jones, Janis Joplin, Kurt Cobain e Amy Winehouse, todos aos 27 anos. 

42. Gente De Bem

O longa, que teve sua estreia no Festival de Toronto, mostra a história de um aposentado recém-separado da mulher que precisa se resolver com o passado:  sua ex-esposa Helene e seu filho Preston, um ex-viciado.  

43. Pulp Fiction

Este clássico da violência estilizada costura as histórias de um assassino apreciador de hambúrgueres, seu parceiro filosófico e um pugilista fracassado.

44. O Silêncio do Céu

Eleito melhor filme brasileiro pelo júri da crítica no 44º Festival de Cinema de Gramado e vencedor do Prêmio Especial do Júri na competição serrana, O Silêncio do Céu é uma produção brasileira rodada em Montevidéu. Dirigido pelo brasileiro Marco Dutra, o longa é protagonizado por Carolina Dieckmann, que vive Diana – uma brasileira casada com o uruguaio Mario (Leonardo Sbaraglia), com quem tem um casal de filhos. Um terrível episódio, porém, vai perturbar o complexo relacionamento do casal:

45. Apóstolo

Dan Stevens (A Bela e a Fera) protagoniza uma trama tensa em Apóstolo. Ele interpreta Thomas Richardson, que irá viajar até um vilarejo remoto para resgatar sua irmã, que foi sequestrada para ser utilizada em um ritual religioso. O filme se passa em 1905 e tem direção de  Gareth Evans (de Operação Invasão).

46. Um Espião e Meio

Parece uma trama meio inusitada, mas a ideia de Um Espião e Meio é gerar boas risadas. Bob sofria bullying na escola e, agora, por ser agente da CIA, decide recorrer ao popular do tempo de estudos para ajudar em uma missão. 

47. A Última Gargalhada

Al é um agente de talentos aposentado. O comediante Buddy, seu primeiro cliente. Quando os dois se reencontram em uma casa de repouso, Al convence Buddy a voltar à estrada depois de 50 anos sem atuar. Com Richard Dreyfuss e Chevy Chase.

48. The Little Mermaid

Nesta versão do clássico, uma sereia de um circo itinerante transforma as vidas de um repórter cético e sua irmã inocente.

49. Nocturama

Com sequências longas, planos sombrios e enredo tenso, o longa dirigido por Bertrand Bonello acompanha um grupo de jovens desiludidos, que decide espalhar bombas pelas ruas de Paris. Tudo fica ainda mais bizarro quando eles escolhem uma loja de departamentos para se esconder durante a noite. 

50. O Selvagem da Motocicleta

o selvagem da motocicleta
Matt Dillon e Mickey Rourke em "O Selvagem da Motocicleta", clássico de Francis Ford CoppolaFoto: universal / Divulgação

Dirigido por Francis Ford Coppola e filmado em preto e branco, este filme de 1983 é um retrato de uma adolescência rebelde e marginalizada dos Estados Unidos. Quem representa esse símbolo é Rusty James, vivido por Matt Dillon. Ele é um jovem cheio de raiva, que vive à sombra de seu irmão mais velho, uma figura misteriosa apelidada de O Selvagem da Motocicleta — papel de Mickey Rourke (Nove e Meia Semanas de Amor, O Lutador), que vaga sem propósito de vida. Solitários, os irmãos se veem enclausurados em uma pequena cidade opressora e sem perspectiva.

Donna: 5 comédias românticas para você ver na Netflix

 Veja também
 
 Comente essa história