Visitantes fazem fila para conferir abertura da exposição de Joan Miró Felipe Carneiro/Agencia RBS

Obras cheias de cores e símbolos atraíram a curiosidade dos visitantes, que registraram tudo com a câmera do celular

Foto: Felipe Carneiro / Agencia RBS

O hábito de pintar em pé, assim como Juan Miró (1893 - 1983), aproximou Mariah Mendonça, 6 anos, da arte surrealista do catalão. Foi ela quem convidou a avó, Sandra Mendonça, 58 anos, para a abertura da exposição A Força da Matéria na manhã deste sábado, no Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) em Florianópolis. A mostra é a maior já realizada no Brasil dedicada ao artista que foi um dos mais influentes do século 20. A visitação é gratuita e segue em cartaz até 15 de novembro.


Mariah e a foto de Miró trabalhando em pé.
Foto: Felipe Carneiro / Agência RBS


Elas foram uma das primeiras a chegar ao Masc e Mariah ficou sabendo do evento na escola. A distribuição de senhas começou às 9h30 para o turno matutino de visitação (10h às 12h), mas às 8h chegaram os primeiros visitantes, foram cedo porque imaginavam filas longas e queriam garantir a entrada. A fila foi tímida, mas já um grande acontecimento para a cena cultural do Estado, já que as cerca de cem pessoas que passaram pelo museu nas primeiras horas da manhã fizeram questão de valorizar a arte em vez de intimidarem-se com o frio.

Faça um Tour 360º pelo incrível universo de Joan Miró
A mostra é gratuita e com distribuição gratuita

- Exposições como essa enriquecem muito o meio cultural. Arte é o que dá o colorido na vida - diz a médica Sandra Sandri, 58 anos. Quem chegou cedo teve a oportunidade de ser guiado por Paulo Miyada, curador do Instituto Tomie Ohtake – instituição responsável pela produção e organização da edição brasileira da exposição. Ele explicou as diferenças entre os movimentos artísticos do século 20 e como a obra de Miró influenciou a história da arte.

_ Uma coisa puxa a outra. Tem que vir muitas exposições como essa para estimular a população a frequentar museus. Em outros países as pessoas frequentam mais atrações culturais não porque são mais cultas, mas talvez porque esses eventos são mais acessíveis _ avalia Artemisa Engels, 54 anos, em referência ao preço dos ingressos para algumas atividades culturais. Ela e o marido também estavam entre os primeiros da fila.


Entre os visitantes estavam crianças e adultos, a maioria de Florianópolis, mas muitos de outras cidades, como Lorena Caneca, 28 anos. Ela mora em Curitiba e veio a Florianópolis a passeio, mas decidiu estender a estadia só para poder conferir as obras de Miró. Um grupo de 12 pessoas de Criciúma também veio à Capital exclusivamente para a mostra, entre elas a designer Luci Rossa, 24 anos. Ela estuda atualmente arteterapia e interessa-se pela forma como o catalão trabalhava símbolos e cores em suas pinturas, desenhos e esculturas.


O Diário Catarinense produziu uma reportagem especial com infográfico e artigos que mostram como é a exposição e ajudam a entender a obra de Miró. CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E CONFIRA.
 


Agende-se
O quê:
exposição Joan Miró - A Força da Matéria
Quando: visitação de 12 de setembro a 14 de novembro de 2015, de terça a sábado, 10h às 20h30min, domingos e feriados, das 10h às 19h30min
Onde: Museu de Arte de Santa Catarina _ Masc (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: entrada gratuita mediante retirada de senhas
Informações: (48) 3664 2630 / (48) 3664 2631

Turnos de visitação:
10h às 12h
13h às 16h
17h às 19h (de terça-feira a sábado)
das 17h às 18h (aos domingos e feriados) A distribuição de senhas será realizada 30 minutos antes de cada turno

DIÁRIO CATARINENSE
 Veja também
 
 Comente essa história