Filmes para assistir na TV nesta terça-feira Paris Filmes/Divulgação

Amanda Seyfried interpreta Lovelace, em cartaz no Telecine Touch

Foto: Paris Filmes / Divulgação

A Garota Ideal
(Lars and the Real Girl) – De Craig Gillespie. Com Ryan Gosling. Filme para conferir a ótima atuação do protagonista de Drive (2011) antes do estouro. A trama, sobre um sujeito extremamente tímido que faz de uma boneca inflável uma mulher de verdade (ele faz dela seu apoio emocional e a apresenta como sua namorada na pequena cidade em que vive), exige muito de Ryan Gosling. E ele se sai bem. O filme todo é bom, você vai ver. Drama, EUA, 2007, 106min. Telecine Touch, 11h35min

17 dos 21 longas de Truffaut voltam restaurados aos cinemas
Leia todas as matérias e críticas de cinema em ZH
E também as notícias de televisão

Lovelace
De Rob Epstein e Jeffrey Friedman. Com Peter Sarsgaard, James Franco e Sharon Stone. Amanda Seyfried tem grande atuação nesta cinebiografia da atriz Linda Lovelace, garota de família tradicional que se tornou protagonista do clássico erótico Garganta Profunda (1977) e, depois, acabou abusada pelo marido, que inclusive obrigou-a a se prostituir. A questão da violência contra a mulher, aliás, aparece de maneira central neste bom filme da mesma dupla do experimental Uivo (2010), sobre Allen Ginsberg. Drama, EUA, 2013, 93min. Telecine Touch, 22h

Leia também: 'A Travessia' oferece experiência de cinema vertiginoso
Comédia de Bogdanovich é bem intencionada, mas anacrônica
Diretor de 'No' volta com contundente drama sobre crimes da Igreja
Polanski faz ensaio sobre o masoquismo em 'A Pele de Vênus'
Novo 'Peter Pan' faz releitura do clássico com caráter pop

Alta Fidelidade
(High Fidelity) – De Stephen Frears. Com John Cusack. É fiel e bem-sucedida a adaptação da obra pop de Nick Hornby comandada pelo diretor de Os Imorais (1990) e A Rainha (2006). A história do dono de uma loja de discos viciado em fazer listas traduziu com competência a juventude de seu tempo, especialmente no que diz respeito às suas obsessões. Comédia dramática, Grã-Bretanha/EUA, 2000, 113min. TCM, 22h

ZERO HORA
 Veja também
 
 Comente essa história