GNT anuncia os destaques da programação para 2016 GNT/Divulgação

Caio Castro e Maria Casadevall em "Lili, a ex", um dos seriados que retorna em 2016 ao GNT

Foto: GNT / Divulgação

Séries ficcionais, documentais, programas de gastronomia e muito entretenimento. É assim que o GNT vai encarar 2016: com um mix de atrações que contempla o universo feminino na sua pluralidade. Entre os destaques do próximo ano, estão seriados nacionais inéditos, gênero cada vez mais consolidado na programação do canal.

— Sempre defendemos uma grade com diferentes atrações. As ficções podem ser consideradas uma aposta maior porque demandam mais investimento, mas priorizamos a variedade — afirma Daniela Mignani, diretora do canal.

Pop e descolada, série "Lili, a ex" estreia no GNT

Com direção de Pedro Amorim, Tempero Secreto é uma das novidades na dramaturgia. A série, prevista para abril, vai misturar humor e gastronomia, ironizando de certa maneira o mundo da culinária. Há também Amigas do Meu Bebê, que envolve no enredo os homens e a maternidade, e De Perto Ninguém é Normal, com a atriz Júlia Rabello — a ideia é mostrar a falta de normalidade do ser humano. As duas séries devem ir ao ar no segundo semestre. Ainda na ficção, Lili, a Ex — com Maria Casadevall — ganha nova temporada, assim como Odeio Segundas, protagonizada por Marisa Orth.

Série "Amores Livres" fala sobre poliamor despindo-se de tabus e preconceitos

Na gastronomia, o reality The Taste Brasil vem com força na sua segunda edição. Que Seja Doce, com apresentação de Felipe Bronze, também conta com novos episódios. Nenhum dos programas de culinária deve sair de grade: você continuará acompanhando atrações como Tempero de Família, com Rodrigo Hilbert, e Bela Cozinha, com Bela Gil. Rainha da Cocada, que estreia ainda neste ano, deve ganhar ainda mais espaço em 2016. Quem comanda o programa é Raiza Costa, conhecida pelo seu canal de vídeos na internet, o Dulce Delight.

Uma das únicas produções que deixa a grade por definitivo é Amores Livres. Mas o canal apostará em outra série documental: Dependentes. Os episódios vão tratar das diferentes dependências que as pessoas podem ter no dia a dia. Outra boa notícia é que Ivete Sangalo deve continuar à frente do Superbonita.

— Não queremos que a mulher veja TV sozinha. O universo dela vai além dos programas tradicionais femininos. Tentamos sempre inovar nesse sentido — avalia Mariana Novaes, gerente de marketing do GNT.

*A repórter viajou a convite do GNT

 DC Recomenda
 
 Comente essa história