Música e dança também fazem sucesso na Brasil Game Show Gustavo Brigatti/Agencia RBS

Foto: Gustavo Brigatti / Agencia RBS

Para mostrar a versão 2016 de Just Dance, a Ubisoft montou um estande colorido e animado, onde a música não para. Em um palco, coreógrafos chamam o público para dançar na pista de dança as músicas da nova versão do jogo — que vão de velharias como Boys (da cantora Sabrina) ao hit de Bang Bang, de Jessie J, lançado no ano passado.

A Harmonix foi no embalo e apostou em sucessos da música pop, como Uptwon Funk (de Mark Ronson), para ressuscitar a série Rock Band. Decidida a fazer bonito, montou um palco com baixo, guitarra, bateria e microfone para quem quiser mostrar seus dotes de músico.

Brasil Game Show, em São Paulo, apresenta novidades em jogos e periféricos para gaming

Gustavo Brigatti: explodindo o bloco

Final do Mundial de "League of Legends" será transmitida em dois cinemas de Porto Alegre

Para promover seu Forza Motorsport 6, a Microsoft botou simuladores caprichados para os fãs. Uma dúzia de cadeiras, equipadas com volante e pedais, oferecem a experiência mais próxima que se pode ter de dirigir bólidos super velozes sem precisar de carteira de habilitação.

Os frequentadores também poderão experimentar as geringonças de realidade virtual da Samsumg e da NVidia. A primeira trouxe o Gear VR, enquanto a segunda apresenta o Oculus Rift — em ambos os casos, as filas não devem deixar nada a dever aos blockbuster tradicionais.

Confira a cobertura completa no site de Zero Hora e pelo Snaptchat (Bragantti)

 Veja também
 
 Comente essa história