Série "Rectify" transforma o público também em juiz da vida alheia Divulgação/Divulgação

Daniel Holden (Aden Young) precisa enfrentar a desconfiança das pessoas ao ser libertado após 19 anos no corredor da morte

Foto: Divulgação / Divulgação

Depois de passar 19 anos no corredor da morte, Daniel Holden (Aden Young) é libertado por falta de provas e retorna para o convívio familiar. O protagonista da série Rectify, que terá sua terceira temporada exibida a partir deste domingo, às 22h, no Sundance Channel, foi preso pelas acusações de estupro seguido de homicídio — e, após enfrentar a Justiça, vira alvo de julgamento da sociedade e do espectador.

Relembre personagens de séries que tiveram troca de atores

Em nenhum momento, até o primeiro episódio do terceiro ano, fica claro se ele cometeu algum dos crimes acima citados. E, nesse ponto, a produção mostra seu maior potencial. Podemos acompanhar a reação de todos os que estão próximos a Daniel e, consequentemente, nos tornamos mais uma pessoa disposta a dizer se o personagem merece ou não uma segunda chance.


Tendo passado toda sua vida adulta à espera da morte, Daniel tenta encontrar uma maneira de lidar com o passado e construir uma vida tranquila com a perspectiva de um futuro. Em meio à luta para se adaptar às estranhas rotinas do mundo moderno, a gama de sentimentos acaba se intensificando com a presença dos demais membros da família Holden.

Opinião: "The Americans" é uma das melhores séries da atualidade
Sexo, drogas e publicidade: conheça as referências de "Mad Men"

Enquanto Amantha (Abigail Spencer), a dedicada irmã, esforça-se para ajudar Daniel e tem dificuldade para conduzir a própria vida, Janet (J. Smith-Cameron) e Ted Sr. (Bruce McKinnon), a mãe e o padrasto, têm o seu casamento posto à prova após conflitos familiares. Ted Jr. (Clayne Crawford) e Tawney (Adelaide Clemens), o filho de Ted e sua mulher, lutam para manter a relação, que foi abalada com a chegada do ex-presidiário, por quem a religiosa Tawney se encantou. Jared (Jake Austin Walker), meio-irmão de Daniel, é uma peça extra que cresce em meio aos problemas.

O seriado criado por Ray McKinnon recebeu comentários positivos dos críticos. Para o Hollywood Reporter, o que torna Rectify tão rica e atraente são as escolhas que ela faz para evitar a previsibilidade.

As principais séries sobre política
Quatro séries criminais para você conferir

Mesmo assim, o programa está ausente nas principais premiações da TV. O protagonista Aden Young foi indicado ao prêmio de melhor ator no Critics Choice Television Awards deste ano, e Abigail Spencer, ao de melhor atriz coadjuvante em 2013. No entanto, a atração nunca figurou nas listas de indicados ao Emmy e ao Globo de Ouro, por exemplo.

Daniel Feix: "Better Call Saul" e o encanto do perdedor
Dez motivos para assistir "Breaking Bad"

Para quem ainda não viu nenhum episódio, segue uma dica: o canal irá exibir uma maratona com os seis capítulos da primeira temporada e os 10 da segunda no mesmo dia de estreia do terceiro ano, a partir das 9h.

Leia mais sobre televisão

 Veja também
 
 Comente essa história