Stênio Garcia comenta vazamento de fotos: "Não me sinto culpado" Amauri Nehn e Francisco Cepeda/AgNews

Stênio Garcia e Marilene Saade na festa de lançamento da novela, "A Vida da Gente", em 2012

Foto: Amauri Nehn e Francisco Cepeda / AgNews

O ator Stênio Garcia, 83 anos, participou do programa Timeline, da Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira. Na entrevista, ele comentou o vazamento de fotos íntimas dele com a esposa Marilene Saade, 47 anos, fato ocorrido na última terça-feira.

– Não sabemos quem vazou as fotos. Vou dar queixa porque acho que isso tem que acabar. Era uma intimidade com a minha esposa, então não me sinto culpado. Apenas vou usar o fato pra combater (incidentes similares) – explicou.

Aprenda como proteger fotos íntimas no smartphone
Como se recuperar do trauma causado pela exposição indevida na internet

No programa, Stênio falou sobre as suas motivações para posar para a foto:

– É uma brincadeira que fiz com minha esposa. Ali na minha casa, posso fazer o que quero, ela também. Eu me divirto com isso. Gosto de brincar com ela, é saudável. Ela disse que queria ver as gordurinhas dela.

O futuro da reputação entre a eternidade e o esquecimento

O ator confessou que há três anos não usa celular, pois não gosta da postura de submissão das pessoas ao aparelho. Stênio também relatou sua suspeita de como as fotos devem ter vazado.

– Ela (Marilene) foi fazer uma transferência de informações de um celular novo que comprou. Acho que foi por aí. Hoje a gente vai numa delegacia, que parece que é especializada nisso.

Adolescente de 16 anos de Veranópolis se suicida após ter fotos íntimas divulgadas na internet

Marilene, que também falou no Timeline, também indicou outra possibilidade para o vazamento das fotos.

– Temos três celulares. Stênio não usa muito, não tem senha no aparelho. Ele esqueceu o celular em muitos lugares. Nem o meu tem senhas. Não olho muito e-mail – disse a esposa do ator.

Humilhações sofridas no ambiente virtual são piores do que as ocorridas na escola, afirma psicóloga

Stênio contou como recebeu a notícia do vazamento:

– Uma amiga dela ligou para Marilene, outra atriz, dizendo o que aconteceu. Ela entrou em pânico, e eu comecei a brincar com ela porque ficou muito nervosa.

Um pouco mais recuperada do choque, Marilene agora quer entrar na luta contra crimes digitais e ajudar vítimas como ela:

– Ontem foi um dia muito horrível, mas hoje já estou no foco. O que eu quero, como cidadã, e o Stênio também, é ajudar a combater crimes de internet. Se ontem já fiquei fora de mim, imagina uma criança de 11 ou 12 anos. O meu foco é como cidadã.

como cidadã.

 DC Recomenda
 
 Comente essa história