Whindersson Nunes, youtuber famoso por paródias e vídeos cômicos, lotou teatro em Floripa  Carol Macário/Agência RBS

Foto: Carol Macário / Agência RBS

A fila na rampa de acesso ao Teatro Ademir Rosa (CIC), em Florianópolis, dava voltas no domingo (27). Eram fãs de um desconhecido do público adulto mas popularíssimo entre jovens que não assistem à TV mas consomem, e muito, conteúdo de internet. O motivo para levar tanta gente no domingo de páscoa ao teatro foi a apresentação de Whindersson Nunes, 21 anos, humorista do Piauí que é um fenômeno nas redes e no YouTube

 Ele encerrou a breve turnê do espetáculo de stand-up comedy Marminino por Santa Catarina em Florianópolis, depois de ter passado por Blumenau e Itajaí na última semana. Antes da apresentação curtiu cinema e a paisagem da Ilha de Santa Catarina e disse, em breve entrevista, gostar do clima do Sul do Brasil. 

Vídeo: catarinenses do The Voice Kids cantam com Victor e Leo em Floripa

Whindersson ficou conhecido quando começou a postar vídeos cômicos no YouTube há quatro anos. Era uma ideia despretensiosa: comentar com humor detalhes do cotidiano e mostrar as paródias e imitações de cantores famosos. 

Como na internet não há regras sobre o que é ou não popular, os vídeos do piauiense viraram um sucesso e atualmente ele é um dos Top 10 entre os canais mais populares do site de compartilhamento de vídeos, com mais de 7,3 milhões de inscritos. 

Leia as principais notícias de entretenimento em Santa Catarina

- Quando estamos tristes e assistimos a um vídeo dele, a tristeza vai embora -disse Elisabety Fernandes Botelho, 15 anos. Ela veio acompanhada de duas amigas também fãs e foram as primeiras a chegar ao teatro. 

Os vídeos são simples, com cortes secos e em geral transmitidos de dentro de seu quarto ou do quarto de algum hotel. Whindersson Nunes tem o que o público adolescente chama de carisma. O que é engraçado mesmo, no entanto, são as paródias. 

Em dezembro, por exemplo, ele fez uma versão engraçadíssima de Hello, sucesso da cantora inglesa Adelle. Na versão do comediante, a canção chama-se Qual é a Senha do Wi-Fi – e foi com essa música que ele abriu o espetáculo Marminino na Capital. 

A apresentação em formato clássico de humor de cara limpa percorreu piadas um tanto clichês, mas o rapaz segurou o tempo e fez o público rir. Intercalou algumas paródias mostrando que tem voz e talento para a música.  

Em entrevista ele também contou que, embora seu canal no YouTube seja popular, o que ainda dá mais retorno financeiro são as apresentações. No Sul do Brasil é reconhecido, mas é no nordeste que seu público é ainda maior – numa noite chega a fazer cinco sessões. 

 Veja também
 
 Comente essa história