Conheça o publicitário que largou a agência para virar tatuador e hoje faz sucesso no Instagram Yasmine Holanda Fiorini/Agencia RBS

Lucas Milk tem pouco mais de dois anos de experiência na área, mas já tatuou até o cantor sertanejo Lucas Lucco

Foto: Yasmine Holanda Fiorini / Agencia RBS

O tatuador Lucas Milk pode até ter pouco tempo de experiência na profissão, mas não é preciso treinar muito o olhar para reconhecer quando um desenho leva sua assinatura - já é fácil identificar a caligrafia criativa e impecável e o traço fininho e delicado. Aos 31 anos, primeiro ele ficou conhecido pelas imagens e frases com diferentes letterings - a arte de criar letras - que postava no Instagram. Os amigos, então, começaram a pedir quando ele iria começar a tatuar.

— Na época, o perfil era pra divulgar a agência, mostrar o lado de ser um empresário jovem, sem muita formalidade. Mas meu Instagram começou a crescer muito e eu pensei que tinha que começar a trampar com arte. Aí fui num cara e falei: quero tatuar. Depois, chamei a galera que me cobrava e falei que tava com a máquina — relembra o tatuador de Florianópolis, bastante procurado por seus desenhos de rosas e frases. 

Passamos um dia com André "NutriChef", que faz sucesso no Instagram com delícias saudáveis
Um dia com Stefanie Graczcki, do @sextafeirablues
Veja as últimas reportagens da série Um Dia Com

Hoje, o perfil no Instagram está perto de alcançar 30 mil seguidores (Lucas tem marcado na pele 10k e 20k, que tatuou conforme foi completando as dezenas de milhares) e ele diz se dedicar cerca de três horas por dia para a rede social. Parece muito, mas é só dar uma espiada para ver que não é coisa para amador. Uma das imagens traz duas torradas com a frase "Fome na alma, comida nenhuma acalma" escrita com requeijão. Outra tem "Coffee made me do it" com uma imagem do Bob Marley, tudo feito com borra de café. Sem falar em várias outras fotos com letterings e ilustrações criativas e inspiradoras.

— Penso muito no que vou publicar. Mas, hoje, o que mais dá retorno é tatuagem mesmo. E sou eu quem respondo as pessoas, mas quero alguém para me ajudar nessa parte — admite. 

Passamos um dia com Lucas Milk. Confira o vídeo:

Desde que decidiu deixar a publicidade para fazer tattoo, o sucesso foi rápido. Depois de ter agência por cerca de dois anos e meio, tatuou em um estúdio no Centro por outros dois. Seu próprio espaço foi aberto há cerca de três meses, na Trindade, e a agenda já está lotada até o fim do ano - agora, só em 2017. Os preços começam em R$ 250. 

— Tem o lance de as pessoas confiarem em mim porque eu já tinha tatuagem. A agência deu um respaldo profissional também. Tudo foi uma questão de confiança atrelada a bater o olho numa coisa bonita no Instagram, além do boca a boca — acredita.

A visibilidade alcançada o levou recentemente até Goiânia, onde foi tatuar o cantor sertanejo Lucas Lucco junto com Raffael Fernandes, outro profissional da Ilha que também faz sucesso nas redes sociais. 

3 sons que tocam no estúdio de tatuagem de Lucas Milk

A primeira de todas

Ele perdeu a conta de quantos desenhos tem na pele (foram cerca de 80 horas de agulha), e a história de sua primeira vez é um tanto engraçada. Aos 12 anos, já curtia esse universo e costumava comprar revistas na banca sobre o assunto. Ao frequentar o salão de beleza da mãe, ficou sabendo que a tal maquiagem definitiva que era feita ali era, na verdade, tatuagem. Ficou observando a profissional usando a máquina e, um dia, a pegou para fazer um risco em si mesmo, na perna. Revoltada, a mãe o levou para um tatuador, no Centro, e mandou fazer uma imagem tribal em cima - que hoje já foi coberta, é claro.

— Doeu muito. Até hoje sinto muita dor pra fazer tatuagem, então tenho pena quando vou fazer uma tattoo em alguém em algum lugar que sei que dói — conta.

Linha do tempo: veja a rotina do tatuador


 Veja também
 
 Comente essa história