Crítico da Folha de SP defende sua opinião sobre "Pequeno Segredo": "O filme não é bom" Reprodução/Reprodução

A estreante Mariana Goulart interpreta Kat e Julia Lemmertz, a mãe Heloísa Schurmann

Foto: Reprodução / Reprodução

Um dos únicos críticos de cinema que viu o longa catarinense Pequeno Segredo, escolhido do Brasil para disputar uma indicação ao Oscar 2017 na categoria Melhor Filme Estrangeiro, Alcino Leite Neto, da equipe de articulistas do jornal Folha de SP, se viu envolvido em uma polêmica com tom político por conta do texto. Na opinião, Alcino disse que se trata de um dos piores filmes já produzidos pelo cinema brasileiro nos últimos anos. 

— É uma pena que tudo no Brasil atualmente seja partidário. A minha crítica é exclusivamente relacionada ao filme. O meu partido é o cinema  — afirmou Alcino em papo por telefone.

"Sempre acreditei em Pequeno Segredo para dialogar com o Oscar", conta o diretor David Schurmann
"Está havendo um preconceito com o resultado, um 'não vi, não gostei'", diz o cineasta Bruno Barreto

A seleção de Pequeno Segredo deixou de fora da disputa Aquarius, filme brasileiro aclamado pela imprensa especializada. Boa parte de cineastas e cinéfilos interpretaram a escolha do Ministério da Cultura como uma retaliação ao longa de Kleber Mendonça Filho, porque a equipe de Aquarius se posicionou contra o impeachment de Dilma no Festival de Cannes. O texto de Alcino acabou sendo combustível para esse discurso, embora ele não mencione Aquarius na crítica. 

Alcino, com 30 anos de experiência na área, afirma que foi convidado para uma cabine sobre os filmes que estavam na disputa pela representação brasileira. Assistiu Pequeno Segredo em uma manhã, num cinema na Avenida Paulista, em São Paulo. O filme tem estreia prevista em circuito restrito dia 22 de setembro e em grande escala, em novembro. 

O crítico segue defendendo sua opinião:

— A intenção do diretor é legítima. A história tem uma dimensão humana muito bonita. É um belo projeto. O problema foi na hora de passar para um filme. Há problemas de roteiro, é monocórdio. Tem diálogos frouxos. Eu nem falo de técnica, porque o diretor do filme estudou cinema. Ele tem técnica. Mas o filme não é bom.  

Alcino acrescenta ainda que o tema é complexo, um drama familiar de uma menina adotada e que não é uma história fácil de contar. Pequeno Segredo narra a trajetória de Kat, a filha adotiva da Família Schurmann que tem uma doença incurável e viaja o mundo com os pais em um veleiro. O longa é baseado no livro homônimo, escrito pela matriarca da família, Heloísa Schurmann.

Sobre o argumento de que Pequeno Segredo dialoga mais com o Oscar do que Aquarius, Alcino não concorda:

— Isso é imponderável. Não dá para saber. A academia já premiou Através do Espelho, de Ingmar Bergman, Oito e Meio, Fellini.

Leia a crítica de Alcino

 Veja também
 
 Comente essa história