Jamiroquai se moderniza avançando para trás Divulgação/EMI/Virgin

Assim como o chapéu de Jay Kay, o som dos ingleses acena para o futuro do passado

Foto: Divulgação / EMI/Virgin

Na capa e no clipe de Automaton, Jay Kay aparece com um chapéu futurista. O adereço predileto do vocalista que... Informação tem prioridade: o Urbana Legion ultrapassou 1 milhão de views no YouTube com o clipe de Apóstolo São João. A banda-tributo – adivinhe a quem – é formada por integrantes (atuais ou ex) de Tihuana, Charlie Brown Jr. A letra, inédita, é de Renato Russo. O vídeo foi gravado no apartamento do finado cantor, no Rio de Janeiro. Tudo com o beneplácito do filho do artista, o herdeiro Giuliano. Os fãs adoraram.

Então. O chapéu do vocalista que se confunde com a banda Jamiroquai (vai dizer que você nunca achou que ele fosse o Jamiroquai) não foi a única coisa que mudou no oitavo disco de estúdio dos ingleses. Entre se perpetuar como genérico da inspiração-mor, Stevie Wonder, ou refém do estilo com que ganhou dinheiro, o acid jazz, o grupo encontrou uma terceira via. Como fica manifesto no faixa-título, primeiro single de seu oitavo disco, o baú de referências rejuvenesceu o suficiente para se conectar com o que é considerado moderno.

A recauchutagem turbina também Superfresh Hot Property, prontas para ganhar remixes e bombar nas pistas. Para o saudoso daquele Jamiroquai confortável, com um baita bom gosto nos timbres e nas levadas, Cloud 9, Summer Girl e Dr. Buzz cumprem a função. O Daft Punk foi muito lembrado para descrever a atual onda de Jay Kay e trupe. Mas as músicas que realmente marcam se encaixariam bem logo depois de Bruno Mars em uma playlist. Ah: Apóstolo São João é emocionante, linda & xarope. 


 DC Recomenda
 
 Comente essa história