A região da Catedral Metropolitana de Florianópolis será palco da abertura do Ciclo do Divino neste sábado, 20 de maio, a partir das 9h. As festividades ocorrerão de maio a setembro, envolvendo 14 comunidades. Na solenidade, haverá hasteamento das bandeiras, atividades artísticas, culturais e religiosas, benção e distribuição dos pãezinhos, apresentação dos casais festeiros e desfile dos cortejos pelas ruas centrais da cidade. 

A solenidade é realização da prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Franklin Cascaes. Além de Florianópolis, mais de 50 municípios do Litoral Catarinense realizam festejos em devoção ao Divino Espírito Santo, preservando a herança cultural deixada pelos açorianos que chegaram ao Estado no século 18. A tradição é registrada como patrimônio histórico, artístico e cultural de Santa Catarina pela Lei Estadual 15.731/2012. 

Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

TRADIÇÃO 

O Ciclo do Divino Espírito Santo é uma das tradições mais antigas de Florianópolis, cultivada e passada de geração a geração por mais de dois séculos. Comemorada a partir das celebrações de Pentecostes (50 dias após a Páscoa), mescla elementos religiosos, profanos e folclóricos. Os festejos abrangem novenas, promessas, folguedos populares, folias e cantorias. Contemplam também a procissão da corte imperial e a cerimônia de coroação do Imperador, considerado o principal momento do evento.

COMUNIDADES 

Após a abertura do ciclo que reúne as 14 comunidades da Capital e comitivas de municípios da Região Metropolitana, as festas começam a acontecer nos bairros de Florianópolis. De junho a setembro, as bandeiras desfilarão pelas ruas das comunidades que celebram o Divino Espírito Santo anunciando o início das festividades na região. Ao som de rabeca, viola e tambor, os foliões seguem de casa em casa divulgando a festa e renovando a devoção ao Espírito Santo.

Programação de 2017

Junho
1º a 4 – Centro
2 a 4 – Ribeirão da Ilha
2 a 4 – Estreito
9 a 11 – Trindade
9 a 11 – Rio Tavares
9 a 11 – Monte Verde
10 e 11 – Prainha

Julho
1º e 2 – Pântano do Sul
8 e 9 – Lagoa da Conceição
22 e 23 – Campeche 

Setembro
8 a 10 – Santo Antônio de Lisboa
8 a 10 – Rio Vermelho
15 a 17 – Barra da Lagoa
22 a 24 – Canasvieiras 

O encerramento do Ciclo ocorre no dia 24 de setembro, às 17h, na Igreja São Francisco de Paula, em Canasvieiras, com o encontro das bandeiras, desfile de cortejos, confraternização e apresentação dos casais festeiros para 2018. 

Confira a programação da Festa do Divino em São José

 Veja também
 
 Comente essa história