Assassinato de Gianni Versace será tema da segunda temporada de "American Crime Story" Gerard Julien/AFP

Penélope Cruz interpretará Donatella Versace, irmã de Gianni Versace na nova temporada de "American Crime Story"

Foto: Gerard Julien / AFP

A temporada de American Crime Story intitulada The Assassination of Gianni Versace, que estava prevista para ser a terceira da série, será antecipada pelo canal FX. Prevista para estrear no primeiro semestre de 2018, a segunda temporada será baseada no livro Vulgar Favors, de Maureen Orth, e abordará o assassinato do estilista italiano Gianni Versace. 

Originalmente prevista para ser a segunda temporada, a trama que aborda o furacão Katrina será exibida após a história de Versace, no segundo semestre 2018. A causa da troca não foi divulgada oficialmente, mas, segundo informações do site Deadline, o presidente da FX, John Landgraf comentou em janeiro que o atraso da temporada envolvendo o furacão era referente aos roteiros. Além disso, a publicação aponta que as filmagens em Nova Orleans, onde o Katrina está configurado, precisaram lidar com furacões, e as produções só podem ser realizadas com segurança em certas épocas do anos

Leia mais
Cineasta pede desculpas por ter dirigido "Batman e Robin"
"American Crime Story" explora com brilhantismo outro ângulo do caso O.J. Simpson

Na segunda temporada, a ganhadora do Oscar Penélope Cruz interpretará Donatella Versace, irmã de Gianni Versace – que será interpretada pelo venezuelano Edgar Ramírez. 

O estilista foi encontrado morto nas escadas da sua casa, em Miami Beach, em 1997. O assassino foi identificado como Andrew Cunanan, que naquele ano matou cinco pessoas e se suicidou dias depois do seu último crime, e que nesta série do canal FX será interpretado por Darren Criss.

A série marca a estreia na televisão da atriz espanhola de 42 anos, que construiu uma carreira brilhante no cinema, tendo ganhado o Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2009 por Vicky Cristina Barcelona, além de ter sido indicada outras duas vezes – Volver (2007) e em Nove (2010).

* Com informações da AFP

 Veja também
 
 Comente essa história