Após performance polêmica, manifestantes protestam em frente ao MAM de São Paulo WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO

Protesto realizado nesta sexta-feira em frente ao MAM de São Paulo

Foto: WERTHER SANTANA / ESTADÃO CONTEÚDO

Manifestantes, entre eles Alexandre Frota, foram até o MAM de São Paulo nesta sexta-feira para protestar contra uma performance realizada na abertura do 35 º Panorama da Arte Brasileira, na última terça, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo.  

O ato é uma resposta  a um vídeo que circula na internet, no qual uma menina toca a perna e a mão do artista carioca Wagner Schwartz, que estava sem roupa em um tablado, durante a apresentação de La Bête, performance que faz desde 2015 a partir da leitura da série Bichos, de Lygia Clark.

Em nota divulgada no Facebook, o MAM ressalta que a criança estava acompanhada da mãe e que a sala onde ocorria a performance estava "devidamente sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística".

"Esses vagabundos receberam R$ 6 milhões para ficarem fazendo conchavo entre eles. Agora me diz se isso é arte", diz Frota em vídeo postado em seu Facebook. "Na porta estava cheio daqueles esquerdistas mas ninguém falou nada pra mim. O que iam falar também? Se esse homem nu estivesse aqui hoje, eu ia 'levantar ele'." 


 Veja também
 
 Comente essa história