Carlos Drummond de Andrade
Carlos Drummond de Andrade completaria 115 anos em 2017Foto: Carlos Drummond de Andrade / Divulgação

O Museu Victor Meirelles, em Florianópolis, abre nesta terça-feira exposição em homenagem a Carlos Drummond de Andrade (1902 - 1987), considerado um dos maiores poetas do Brasil. Se vivo, ele completaria 115 anos. Poesia, Memória e Arquivo: Carlos Drummond de Andrade é fruto de uma parceria com a UFSC, instituição que até o dia 1º de novembro sedia um congresso sobre o autor. A mostra segue aberta para visitação até 18 de novembro.

Para a abertura está programada a leitura de poemas de Drummond pelos poetas Alcides Villaça (SP), Manoel Ricardo de Lima (RJ), Júlia Studart (RJ) e Dennis Radünz (SC). Haverá também a apresentação de poema musicado por Jair Fonseca, da UFSC, além de sarau aberto com leituras, dramatizações e performances.

A curadoria é de Maria Lucia de Barros Camargo e Laíse Ribas Bastos, que reuniram obras raras do escritor, entre as quais as primeiras edições e edições especiais para bibliófilos, além de cartas originais inéditas, manuscritas e datilografadas, fotografias, discografia e a oportunidade de ouvir a voz do poeta lendo seus versos.

Capa do livro A Rosa do Povo, de Carlos Drummond de Andrade
Foto: Reprodução / Reprodução

Também compõem a exposição as primeiras edições dos livros de Drummond apresentadas em contraste e comparação com as versões mais recentes, ou seja, desde o primeiro livro publicado, Alguma Poesia, até Farewell (edição póstuma), passando por antologias, coleções especiais, poesia traduzida e publicada em outros países, bem como traduções de poesia e prosa para o português, além de algo da fortuna crítica do poeta.

Há ainda a edição especial dos 21 poemas escritos por Drummond como glosa ao conjunto de 21 desenhos de Portinari sobre Dom Quixote, de Cervantes, e uma carta do poeta ao irmão, Altivo, datada de 1933, um raro documento histórico. Além disso, está presente um conjunto de cartas enviadas ao também poeta e editor Domingos Carvalho da Silva. Por fim, a exposição marca os 30 anos de uma primeira versão dessa mesma mostra, realizada em outubro de 1987, dois meses após a morte do poeta.

AGENDE-SE
O quê:
exposição Poesia, Memória e Arquivo: Carlos Drummond de Andrade
Quando: terça-feira, às 18h. Visitação até 18 de novembro, de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 14h
Onde: Museu Victor Meirelles (Rua Rafael Bandeira, 41, Centro, Florianópolis)
Quanto: gratuito
Informações: (48) 3222-0692

Capa do livro A Rosa do Povo, de Carlos Drummond de Andrade
Foto: Reprodução / Reprodução

Leia também
Artista visual lança publicação criada a partir de intervenção sonora na tríplice fronteira 
Confira 7 eventos para curtir durante a semana em Santa Catarina

 Veja também
 
 Comente essa história