Florianópolis recebe exposições em parceria com a Bienal Internacional de Curitiba  Clara Fernandes / Divulgação/Divulgação

Fotografia de Clara Fernandes

Foto: Clara Fernandes / Divulgação / Divulgação

A partir desta quinta-feira (5), a Fundação Cultural Badesc recebe uma exposição em parceria com a Bienal Internacional de Curitiba. Fotografia: seus sistemas híbridos e fronteiriços, no Espaço Fernando Beck, traz obras fotográficas de 37 artistas catarinenses ou que produzem no Estado, como Clara Fernandes, Carlos Franzoi, Fabíola Scaranto, Yara Guasque, Claudia Zimmer, Rosana Bortolin e Sandra Favero.

Neste ano, a Bienal traz o tema Antípodas – Diverso e Reverso, uma homenagem à China, país situado diametralmente em oposição ao Brasil. Foi o ponto de partida das curadoras Francine Goudel, Juliana Crispe e Sandra Makowiecky, que selecionaram as obras e artistas com base no texto curatorial de Ticio Escobar e do subtítulo desta Bienal, Excesso de Imagem, que faz referência ao fenômeno contemporâneo da fotografia. 

O Museu da Escola Catarinense (Mesc) também é um polo da Bienal no Estado, com a mostra Antípodas Contemporâneas, aberta para visitação até o dia 13 de novembro e que dialoga com a exposição da Fundação Badesc. Ambas são gratuitas. 

Obra de Yara GuasqueFoto: Yara Guasque / Divulgação

Bienal homenageia China

A República Popular da China é o país homenageado desta edição da mostra internacional, que trouxe 238 obras para o Brasil. Há mais de 100 locais ocupados pela Bienal em Curitiba e em outras cidades do Brasil e da América do Sul.   

A Bienal exibe trabalhos de artistas brasileiros e de países dos cinco continentes. A mostra pode ser vista até 25 de fevereiro do próximo ano na capital paranaense. Realizada há 24 anos, a Bienal é uma referência em arte contemporânea e um dos maiores eventos do gênero da América Latina.

Agende-se
Polos da Bienal Internacional de Curitiba em SC: exposições Fotografia: seus sistemas híbridos e fronteiriços e Antípodas Contemporâneas
Quando: até dia 23 de novembro e até 13 de novembro
Onde: Fundação Cultural Badesc (Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis) e Museu da Escola Catarinense (Rua Saldanha Marinho, 196, Centro, Florianópolis)
Eventos gratuitos

Leia mais: 

Museus em Paris lançam campanha: "Tragam seus filhos para ver gente nua" 

Conheça "O Tropicalista", projeto de arte que transformou um apartamento no Centro da Capital em galeria de arte 

Relembre dez momentos marcantes da trajetória de Eli Heil


 Veja também
 
 Comente essa história