Documentário Anauê de Zeca Pires
Foto: Reprodução / Documentário Anauê

O documentário Anauê! – O Integralismo e o Nazismo na Região de Blumenau, recente produção do cineasta catarinense Zeca Pires, vai ser apresentado nesta terça-feira, em  Blumenau. Como parte da programação do Projeto Experimenta da UFSC, a exibição é gratuita e aberta à comunidade.

O cineasta Zeca Pires (coordenador do Departamento Artístico Cultural da UFSC), a produtora executiva do filme Maria Emília, Victor Fabiano (diretor de produção) e Cleiton Schlindwein (produtor em Blumenau), estarão presentes para uma conversa com o público. 

Anauê!

Anauê, filme documentário de longa metragem, revê os tempos do Integralismo e Nazismo na região de Blumenau, em Santa Catarina. Com depoimentos de populares da região, historiadores, filósofos e sociólogos, o filme também visita enfaticamente o momento atual no Brasil e no mundo. São vários depoimentos intercalados com imagens e filmes de arquivo cuja narrativa em primeira pessoa (Édio Nunes faz a voz do diretor) conduz o espectador a este polêmico tema. Fragmentos dos discursos de Getúlio Vargas e de uma entrevista de Nereu Ramos são reproduzidos nas vozes de Gringo Starr e Roberto Lacerda, respectivamente.  O material de arquivo fonográfico em Anauê! é riquíssimo com sonoridade da época.

Zeca Pires trabalhou durante anos na pesquisa deste documentário, viajou para as cidades do Vale do Itajaí e do Itapocu resgatando depoimentos e mapeando acervo fotográfico, fílmico e fonográfico. Para Pires, "a exibição em Blumenau é muito especial, pois naquela região focamos nosso documentário, e para a minha pessoa e toda equipe é muito importante ver, entender e analisar a resposta do público dessa região". 

O documentário tem, em sua equipe, profissionais experientes como Giba Assis Brasil, que o montou junto com Jonatas Rupert; assessoria de filosofia da Dra. Maria de Lourdes Borges, e também profissionais estreantes, citando o diretor de fotografia Adenor Gouvea Filho e o animador Érico Monteiro, reunião que o cineasta considera de imensa riqueza de diálogo entre gerações.

Zeca Pires comenta que "As gerações atuais querem conhecer a história, e o filme é um pequeno degrau para isso", e afirma que "com o filme, quero estimular a discussão sobre a importância do diálogo num momento em que a intolerância cresce em todo o mundo".

Anauê! teve o seu lançamento nacional na abertura do FAM 2017 (Florianópolis Audiovisual Mercosul), em junho, e recentemente foi escolhido para a Seleção Oficial 2017 do Cineramabc, festival de cinema que acontece em Balneário Camboriú do dia 23/11 a 04/12.

Trailer

Serviço

Exibição do documentário Anauê, de Zeca Pires
Quando:
terça-feira, às 19h
Onde:
auditório da Sede Acadêmica do campus da UFSC Blumenau ( R. João Pessoa, 2750 - Velha)
Quanto: gratuito

Leia mais:

Reverência ancestral:"Ainikè", novo espetáculo do coletivo Abayomi, estreia terça-feira em Florianópolis

Atrasados, editais do Estado prejudicam calendário artístico e cultural de Santa Catarina

 Veja também
 
 Comente essa história