Veja a lista de livros do Vestibular de Inverno 2018 da Udesc Leo Munhoz/Agencia RBS

Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) já tem definida a lista das obras literárias do Vestibular de Inverno 2018, que será realizado em 10 de junho.

São cinco livros: "Manuel Bandeira (coleção Melhores Poemas)", com seleção de Francisco de Assis Barbosa (Global Editora); "Lucíola", com autoria de José de Alencar (obra disponível na internet); "Valsa n° 6", de Nelson Rodrigues (Nova Fronteira); "Nós", de Salim Miguel (Editora Ufsc); e "Um lugar na janela 2: relato de viagens", de Martha Medeiros (L&PM).

Conforme a Coordenadoria de Vestibulares e Concursos da Udesc (Covest), as leituras são obrigatórias para a prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira.

Como ficar isento de pagamento

As inscrições para os cursos do Vestibular de Inverno poderão ser realizadas entre 2 de abril e 4 de maio, enquanto o prazo para pedir isenção no pagamento da taxa de inscrição começará na próxima quarta-feira, 7.

Há duas possibilidades de ficar isento: pelo critério socioeconômico e por doação de sangue. O benefício pode ser pedido por interessados que já tenham finalizado o ensino médio ou estejam em fase de conclusão até a data da matrícula na universidade. 

Com base no edital do critério socioeconômico, ficarão isentos os candidatos que comprovarem que não têm condições de pagar a taxa. Os pedidos deverão ser feitos até 5 de março.

Já quem doou sangue em órgão oficial ou em entidade credenciada pela União, pelo Estado ou por município (Lei Estadual nº 10.567/1997) poderá pedir isenção até 26 de março, conforme as regras do edital sobre doação.

Mais informações podem ser obtidas na página oficial e com a Covest pelos telefones (48) 3664-8089 e 8091, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br

Leia também:
1 mil novos professores são efetivados em SC nesta quinta

Ao completar 100 anos de vida, morador de Blumenau realiza sonho de voar

Mais de 15,8 mil catarinenses perderam benefício após pente-fino do INSS

 Veja também
 
 Comente essa história