Canal cancela série americana após comentário racista da atriz principal Reprodução / Adoro Cinema/Adoro Cinema

Estrela da série, a atriz Roseanne Barr escreveu tuíte considerado preconceituoso

Foto: Reprodução / Adoro Cinema / Adoro Cinema

Sucesso da televisão aberta nos Estados Unidos durante os anos 1990, a série Roseanne teve exibição cancelada pelo canal ABC nesta terça-feira (29). Isso porque a estrela da produção, a atriz Roseanne Barr, fez um comentário nas redes sociais considerado racista.

Defensora do presidente Donald Trump, Roseanne causou controvérsia ao criticar Valerie Jarrett, que foi assessora do ex-presidente Barack Obama Afirmou que, se a "Irmandade Muçulmana e o Planeta dos Macacos tivessem um bebê", esse seria Valerie, que é descendente de africanos. Roseanne apagou o tuíte após ser alvo de críticas.

Leia mais
Barack e Michelle Obama produzirão conteúdo para Netflix

Exibida de 1988 a 1996, a série Roseanne foi retomada em 2018 com novos episódios. O cancelamento da série foi anunciado pelo presidente da ABC, Channing Dungley, que descreveu o comentário da atriz como "repugnante, repulsivo e inconsistente com os valores da emissora".

A atriz pediu desculpas e reconheceu que seu comentário foi uma "piada ruim". "Peço desculpas a Valerie Jarrett e para todos os americanos. Estou profundamente arrependida por fazer uma piada ruim sobre suas políticas e sobre seu visual. Me desculpem — minha piada foi de mau gosto", escreveu Roseanne, posteriormente, em seu Twitter.

Com informações de Estadão Conteúdo

 Veja também
 
 Comente essa história