Demi Lovato é internada após overdose, afirma site MIGUEL RIOPA/AFP PHOTO

Demi Lovato

Foto: MIGUEL RIOPA / AFP PHOTO

A cantora norte-americana Demi Lovato foi internada após sofrer overdose. As informações são do site TMZ. No final da tarde desta terça-feira (24), o portal informou que a causa da internação "parecia ser overdose de heroína". 

No final da noite, entretanto, o site divulgou outra notícia, dizendo que fontes próximas da artista se pronunciaram sobre o acontecimento e negaram o uso de heroína. Até o momento, não foi revelada a droga ingerida. 

A artista de 25 anos foi levada a um hospital em Los Angeles. Demi teria saído de sua casa em Hollywood Hills rumo ao hospital nesta terça-feira (24), afirmam fontes do portal. Não se sabe qual o estado de saúde da cantora.

Quando mais jovem, a artista foi alcoólatra e viciada em cocaína, até que começou a se tratar. Em março deste ano, ela fez uma publicação no Twitter comemorando os seis anos de sobriedade.

Mas em junho, ela lançou a música Sober (sóbria, em português), na qual ela faz um pedido de desculpas por não estar mais sóbria:

"Mamãe, me desculpe, eu não estou sóbria mais / e papai, por favor, me perdoe pelas bebidas derramadas no chão / Para aqueles que nunca me abandonaram, nós já estivemos nesse caminho antes / Sinto muito, eu não estou mais sóbria".

Além dos vícios, ela já falou que passou por dificuldades em sua vida como automutilação, anorexia, bulimia, transtorno bipolar e bullying. 

Na madrugada do sábado passado (14), Demi foi vista saindo de uma boate em Los Angeles. De acordo com o site Radar Online, a cantora demitiu seu empresário Phil McIntyre, que trabalhou com a cantora desde o início da sua carreira, além de se afastar da família e de amigos que lhe ajudaram quando ela superou o vício pela primeira vez.

Leia mais notícias

 Veja também
 
 Comente essa história