Nesta segunda-feira é dia de homenagear aqueles que são fundamentais nas nossas vidas. Muito além das lições de Português, História ou Matemática, professores fazem parte da nossa formação moral, intelectual, social. Alguns viram amigos, confidentes e têm um jeito todo especial de nos mostrar o mundo. Na ficção, não poderia ser diferente. Veja alguns dos mestres que representam todos os professores deste país. No dia de hoje e em todos os dias do ano, eles estão de parabéns!

Sempre atenta

gabriela, Camila Morgado, malhação vidas brasileiras
Gabi é um misto de policial e heroínaFoto: Marília Cabral / TV Globo/Divulgação

Em Malhação — Vidas Brasileiras, Gabriela (Camila Morgado) é atenta aos detalhes que podem estar perturbando seus alunos. Ela sabe direitinho quando suas "crianças" estão com algum problema, seja familiar, amoroso, ou até questões mais sérias, como racismo e assédio.

Gabi corre atrás, literalmente, e não sossega até desvendar os dilemas dos adolescentes do Colégio Sapiência. Preocupada ao extremo, muitas vezes, deixa de viver a própria vida para ajudar quem mais precisa dela.

A pedido

Já no início da temporada, o público percebeu o quanto Gabi era querida por seus alunos. Ao som de Não Vá Embora, de Marisa Monte, os jovens convenceram a mestra a desistir de pedir demissão da escola. Emocionada, é claro que ela decidiu atender ao pedido.

malhação vidas brasileiras, Gabriela ( Camila Morgado ) e Michael ( Pedro Vinícius )
Com Michael (Pedro Vinícius), um dos pupilosFoto: Sergio Zalis / TV Globo/Divulgação

Assim, a cada semana, Gabriela  depara com uma nova polêmica envolvendo os adolescentes. A professora vira, então, um misto de detetive, policial e super-heroína. Tudo para tirar seus queridos de alguma encrenca.

De outra época

o tempo não para, Miss Celine ( Maria Eduarda de Carvalho )
Exigente, mas justaFoto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação

Professora do século 19? Temos! Em O Tempo Não Para, Miss Celine (Maria Eduarda de Carvalho) era preceptora: ministrava aulas em casa e era tratada como parte da família Sabino Machado. A ela, cabia repassar não apenas as lições formais, mas a educação e os valores importantes para o futuro de Marocas (Juliana Paiva), Nico (Raphaela Alvittos) e Kiki (Natthalia Gonçalves). 

Já no século 21, após todos serem descongelados na trama, Miss Celine resolveu trilhar o seu próprio caminho, mas sem abrir mão da amizade de suas pupilas. Com as pequenas Nico e Kiki estudando em uma escola tradicional, não precisou mais estar tão presente na vida das gêmeas. 

Dura realidade

Por outro lado, se aproximou de Marocas não mais como preceptora, mas como amiga e colega de quarto. As duas deram um grito de independência e foram morar juntas no cortiço, fato que escandalizou Dom Sabino (Edson Celulari). 

Kiki ( Nathalia Rodrigues ), Miss Celine ( Maria Eduarda de Carvalho ) e Nico ( Raphaela Alvitos ).
Kiki e Nico infernizaram a preceptoraFoto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação

Com um emprego "normal", Miss Celine depara, agora, com as injustiças, incoerências e preconceitos do ensino atual.

E o salário, ó...

 Professor Raimundo (Bruno Mazzeo)
Bruno está fazendo bem a lição de casaFoto: Pedro Curi / TV Globo/Divulgação

Não poderia faltar nesta lista o inconfundível Raimundo Nonato. Personagem célebre vivido por Chico Anysio (1931 – 2012) na década de 1990,  Professor Raimundo voltou ao ar em 2015, agora com a interpretação de Bruno Mazzeo, filho de Chico. 

O que começou como um especial de final de ano, exibido na Globo e no canal por assinatura Viva, a Nova Escolinha já está na quarta temporada, no Viva. E tem estreia prevista para novembro, na Globo. 

Tal pai, tal filho

professor raimundo , chico anysio
Chico Anysio na versão original: inesquecívelFoto: Isac Luz / TV Globo/Divulgação

Bruno adotou com perfeição os trejeitos, a forma de andar e até a voz rouca do Professor Raimundo original. Uma bela homenagem do ator a seu pai e um presente para o público, seja saudosista ou novato, que se diverte com a classe mais engraçada do país.

Da simplicidade à sofisticação 

o outro lado do paraíso, Clara ( Bianca Bin )
Pouco estudo, mas muita coisa pra ensinarFoto: Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação

Antes de conhecer Gael (Sergio Guizé) e ver a sua vida se transformar em um verdadeiro inferno, Clara (Bianca Bin) era a mestra das crianças do quilombo em O Outro Lado do Paraíso (2017). Com poucos recursos, tentava estimular nos pequenos o amor pela leitura e pelo aprendizado, ainda que ela tivesse pouco estudo. 

Aprendizado

Depois de cair na armadilha de Sophia (Marieta Severo), a mocinha foi parar em um hospício, afastada de tudo e de todos, inclusive do filho recém-nascido. No meio de tanto desespero, conheceu Beatriz (Nathalia Dill), um verdadeiro anjo na vida dela.

Beatriz (Nathalia Timberg) e Clara ( Bianca Bin) O Outro Lado do Paraíso
Beatriz mudou a vida da mocinhaFoto: Cesar Alves / TV Globo/Divulgação

Culta e fina, a nova amiga assumiu o papel de professora e transmitiu para Clara lições de idiomas, História, Geografia, etiqueta e tudo o que ela precisaria para dar forma à sua vingança.

"Apenas" para a realeza

Anna ( Isabelle Drummond )
Anna se surpreendeu com o novo mundo Foto: Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação

Na novela Novo Mundo (2017), Anna (Isabelle Drummond) recebeu a missão de ensinar a Língua Portuguesa a ninguém menos do que Leopoldina (Letícia Colin). Antes de se tornar princesa do Brasil, a jovem precisava ter contato com o idioma do futuro marido, Pedro (Caio Castro), que ela ainda nem conhecia. Além das lições da língua, Anna se tornou grande amiga e confidente de Leopoldina, tanto que recebeu um lugar de destaque no seio da realeza brasileira. 

Heroína

Ao longo da trama, se tornou uma grande heroína, salvando a princesa — mais tarde, imperatriz — de vários atentados. Mas a carreira de professora não ficou em segundo plano.

Mais que professora e aluna: amigas para sempre!Foto: Raquel Cunha / TV Globo, Divulgação

Depois que Leopoldina já dominava — com alguma dificuldade — o português, Anna começou a dar aulas para as mulheres analfabetas do reino. E assim, mudou a vida de muita gente. 

Entre um ensinamento e outro, além das aventuras que vivia ao lado do amado, Joaquim (Chay Suede), a mocinha arrumou tempo para se tornar escritora. Afinal, não faltavam histórias naquela colônia recém-desbravada.

Poço de sabedoria

 Pancrácio (Marco Nanini)  Eta Mundo Bom
Professor e filósofoFoto: Sergio Zalis / TV Globo/Divulgação

A trama de Êta Mundo Bom! (2016) não seria a mesma sem os ensinamentos do professor Pancrácio (Marco Nanini). Graças a ele, Candinho (Sergio Guizé) aprendeu que "tudo o que acontece de ruim na vida da gente é pra melhorar". 

Foi esta frase que impulsionou o protagonista a enfrentar as agruras sempre com otimismo. E o seu mestre e amigo acabou se tornando o seu padrasto no final da história.

Disfarces

 Pancrácio ( Marco Nanini ) Eta Mundo Bom
Nas horas vagas, um divertido atorFoto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

Além de professor, Pancrácio era um ator surpreendente. Adorava se disfarçar de tipos como uma japonesa, uma vedete, uma freira ou um deficiente visual. Mas não era fácil fugir de algumas ciladas que seus personagens lhe causavam.

Contra a opressão

Beatriz ( Dira Paes ) Velho Chico
Idealista e corajosa, Beatriz lutou contra as injustiçasFoto: Caiuá Franco / TV Globo/Divulgação

Em meio aos desmandos do coronelismo e das mazelas sociais do sertão, Beatriz (Dira Paes) surgiu como uma luz que iluminou mentes e corações de uma região cheia de conflitos. 

A professora da novela Velho Chico (2016) não se intimidava com as ameaças dos poderosos, discursava contra a opressão e tentava abrir os olhos do povo para o que estava errado. Não à toa, virou prefeita de Grotas do São Francisco.

Parceria

 Bento ( Irandhir Santos ) e Beatriz ( Dira Paes ). Velho Chico
Bento: parceiro de amor e de lutaFoto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

Sua luta pela educação tinha um aliado. Bento (Irandhir Santos), vereador idealista, se encantou com a coragem daquela mulher. Desta parceria, nasceu um  amor tão forte quanto o sonho de um mundo mais justo.

Lições coloridas

meu pedacinho de chão, Professora Juliana (Bruna Linzmeyer)
Um mundo cheio de cor para os aluninhosFoto: TV Globo / Divulgação

No universo lúdico e colorido de Meu Pedacinho de Chão (2014), uma jovem de cabelos cor de rosa surgiu para mudar a ordem das coisas. Juliana (Bruna Linzmeyer) enfrentou o coronel Epaminondas (Osmar Prado) pelo simples direito de dar aulas para as crianças do vilarejo. 

Com o seu jeitinho doce, a professora amoleceu até mesmo o coração duro de Zelão (Irandhir Santos). O capanga do Coronel, até então analfabeto, decidiu aprender a ler e a escrever. Afinal, ele precisava estar à altura da "perfessorinha". 

meu pedacinho de chão, Coronel Epa (Osmar Prado)
Nem o Coronel Epa conseguiu ir contra a professorinhaFoto: Renato Rocha Miranda / TV Globo/Divulgação

O amor venceu

A vida de crimes também ficou no passado – tudo por amor à jovem. Foi por ela também que Zelão enfrentou o temido coronel Epa, deu fim aos desmandos do patrão e virou defensor da educação em Vila Santa Fé.

 Veja também
 
 Comente essa história