Rodrigo Faraco: Nilton Macedo Machado vai renunciar após o clássico Charles Guerra/Agencia RBS

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Aconselhado por pessoas próximas a ele e pelo grupo de articulação, o presidente Nilton Macedo Machado deixou para depois do clássico o anúncio da sua saída da presidência do clube. Quem está muito próximo a ele e foi um dos grandes conselheiros neste momento foi Edson Moritz, executivo do clube.

Leia outras colunas de Rodrigo Faraco na Hora   

Ao mesmo tempo a conversa com o vice-presidente, Francisco Battistotti, não teve frutos. Ele ouviu do presidente do Conselho Deliberativo, Alessandro Abreu, argumentos de que a instituição precisa ser colocada em primeiro lugar e que o correto agora era buscar um novo caminho. Só que Battistotti manteve sua posição de permanecer como vice-presidente estatutário.

Decisão às avessas

Figueirense e Avaí fazem um clássico em que o que vai estar em jogo não é aquilo que realmente interessava às equipes. O Figueira gostaria e poderia estar na disputa quente pela vaga à decisão do Catarinense 2016. Ainda tem chances, mas são mínimas. Então, o que repercutiu nas redes sociais, entre os torcedores, foi um pedido de vitória para afundar o rival Avaí.

Confira a tabela do Campeonato Catarinense 2016  

Já o Leão precisa do resultado pela tabela ruim, aquele que mostra uma corrida contra o pior cenário, que é o de rebaixamento. Além de tentar quebrar a sequência histórica negativa de seis jogos com derrota no estadual, o Avaí tenta dar a Silas a primeira vitória no retorno dele à Ressacada. Então, há mesmo muito em jogo, além da rivalidade eterna e já quase centenária. Um clássico jamais será apenas mais um jogo. Mas que os dois queriam e poderiam jogar por bem mais, poderiam.

 Veja também
 
 Comente essa história