Rodrigo Faraco: Silas está mudando, e isso é positivo Charles Guerra/Agencia RBS

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Quando Silas esteve mais pressionado, há três rodadas, seguia escrevendo neste espaço que o caminho não era mudar o treinador do Avaí, mas fazer ele mudar de ideia e a concepção de time. As derrotas e as lesões foram mostrando a ele que estava errado e era preciso mudar o formato do Avaí. Foi feito nas últimas rodadas.

Caio César desfalca o Avaí diante do Vasco
Ingressos para Avaí x Vasco começam a ser vendidos nesta quinta-feira


O resultado de placar e a desenvoltura da equipe em campo mostraram que o caminho era mesmo este. Silas foi teimoso, mas corrigiu. Méritos a ele. Outra questão que ficou clara foi o caso Diego Jardel. Era um erro de Silas afastar o jogador. As atuações recentes dele comprovaram. O caminho agora está num sentido mais correto. O Avaí ficou mais competitivo e mais equilibrado, com mais criação, proteção e agressividade também.

 Veja também
 
 Comente essa história