Geninho vê "um dos piores jogos da sequência" do Avaí no revés ante o Papão Marco Favero/Diário Catarinense

Foto: Marco Favero / Diário Catarinense

O desempenho ruim do Avaí diante do Paysandu resultou em derrota por 2 a 1 na Curuzu, em Belém (PA). Somente no aspecto das finalizações, foram 19 para os donos da casa ante 11 do Leão, sendo oito a três nos acertos. O resultado tirou a equipe azurra do G-4. O técnico Geninho entende a atuação como uma das piores nas últimas partidas do time nesta Série B do Campeonato Brasileiro.

- Talvez foi um dos piores jogos na sequência. Foi abaixo do que poderíamos fazer, jogadores importantes ficaram abaixo do que costumam render. Isso reflete. Poderíamos ter saído na frente, tivemos chance e não fizemos. Acho que a equipe bateu cabeça com três zagueiros e melhorou com dois. Até equilibramos com o empate. Sofremos dois gols de bola parada, de falha de marcação. Não produzimos o que estamos acostumados e a derrota é um prejuízo grande no campeonato. Um empate nos manteria entre os quatro. Ainda assim estamos ali. O campeonato está chegando em uma situação em que você não pode perder pontos da forma em que perdemos aqui — analisou o treinador na entrevista coletiva pós-jogo.

Conforme Geninho, o desempenho negativo pode ser explicado pelo baixo desempenho de jogadores tidos como importantes para a equipe. O treinador avalia que os laterais Guga e Capa, o meia Renato e o centroavante Guillermo Beltran tiveram atuação aquém das que costumam ter com a camisa azurra. Com mais tempo até o próximo compromisso na competição, o comandante pretende conversar com estes e outros atletas nos próximos dias para tentar identificar melhor os motivos que levaram o Avaí à derrota em Belém.

- Além do Renato, o Beltran e o Guga não fizeram uma boa partida. O Guga não foi o que acostumamos a ver. O Capa esteve abaixo, o Beltran muito abaixo. E isso reflete atrás. Vinha ruim da frente. Mas vamos ter uma semana na preparação ao próximo jogo. Tivemos pouco tempo de um jogo para outro, até para poder conversar com o jogador com mais calma. Com alguns vou ter uma conversa para saber porque da queda, que não é algo natural. Vamos ver se tem algo mexendo com eles. Ninguém desaprende a jogar, nenhum dos que citei. São excelentes jogadores e já nos ajudaram muito e muito. Embora seja normal em uma partida não estar bem. Vai me preocupa se as coisas começarem a se repetir.

O próximo jogo do Leão na Série B do Campeonato Brasileiro será às 16h30min de sábado. A equipe azurra vai encarar o Criciúma no Heriberto Hülse, no Sul de Santa Catarina.

Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Avaí


 Veja também
 
 Comente essa história