Avaí precisa superar "pedra no sapato" para manter posição no G-4 da Série B Cristiano Estrela/Diário Catarinense

Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense

Concorrentes diretos por uma vaga na elite de 2019, Avaí e Goiás fazem nesta sexta-feira a quarta partida entre eles na temporada. O time goiano, aliás, tem sido a pedra no sapato do Leão. Nos três confrontos anteriores, os azurras não venceram – duas derrotas e um empate. Agora, o duelo às 21h30min, no Estádio Olímpico, em Goiânia, tem novamente caráter decisivo. Isso porque, quem sair de campo derrotado pode, ainda, perder o lugar no G-4 da Série B do Brasileiro. 

O primeiro confronto entre os times em 2018 foi pela ida da quarta fase da Copa do Brasil. Na Ressacada, as equipes ficaram no 2 a 2. Em seguida, Avaí e Goiás duelaram em Goiânia, quando o esmeraldino venceu por 2 a 0 e avançou às oitavas de final. Já pelo primeiro turno da Série B, mais uma partida no estádio azurra. Mesmo diante da torcida, o Leão foi novamente derrotado, desta vez por 1 a 0. À disposição de Geninho após cumprir suspensão, o volante Matheus Barbosa quer um grupo aguerrido em campo.

– No primeiro turno, na minha opinião, fizemos um grande jogo, dominamos, e num contra-ataque fizeram o gol. Temos de ir pra lá focados, fechando espaços por ser uma equipe técnica e rápida. Vamos procurar diminuir os espaços e aproveitar as oportunidades de vamos ter. Contra o Guarani, a gente sabia que seria um grande jogo, que haveria pressão da torcida. Temos de fazer o mesmo, entrar focados. Se impor nosso ritmo vamos conseguir um bom resultado – disse. 

Uma das preocupações do Avaí para o jogo é com a arbitragem. Isso porque, no jogo passado contra o Oeste, o elenco deixou o campo reclamando de uma suposta penalidade não assinalada em Jones. Outro pontos de reclamação tem sido o excesso de cartões amarelos aplicados aos atletas azurras. Na sexta-feira, quem apita é o potiguar Caio Max Augusto Vieira. O volante Matheus Barbosa garantiu que o foco do grupo leonino está no desempenho em campo.

– A gente não fica pensando nisso, apenas em nos preparar bem e ir para lá fazer um grande jogo. Em uma partida decisiva como essa ,seria bom um árbitro mais experiente que evita polêmicas. Mas tenho certeza que o juiz que for apitar está se preparando muito bem para fazer um grande jogo e de forma correta – completou Barbosa.

O Avaí é o terceiro colocado, com 52 pontos. Com um ponto a mais, o Goiás está logo à frente. A diferença dos azurras para o quinto colocado, Vila Nova, também é de um ponto. Por isso, vencer o confronto direto significa garantir mais uma rodada na zona de acesso para a elite de 2019.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí

 Veja também
 
 Comente essa história